Fiscobras 2018 consolida auditorias em obras no País

O Fiscobras 2018 contém a relação de dez obras com indícios de irregularidades graves com recomendação de paralisação (IGP)

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou a consolidação das suas principais auditorias em 77 obras por todo o Brasil, o Fiscobras 2018. Relatado pelo ministro Bruno Dantas, o consolidado é feito em cumprimento à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que determina o seu encaminhamento ao Congresso Nacional, para servir de parâmetro na análise do Lei Orçamentária (LOA) do ano que vem.

O Fiscobras 2018 contém a relação de dez obras com indícios de irregularidades graves com recomendação de paralisação (IGP). Dessas, são oito remanescentes do Fiscobras 2017 e duas decorrentes do atual plano de fiscalização. Há duas obras com indícios de irregularidades graves com retenção parcial de valores (IGR), e mais quatro fiscalizações com propostas de IGP que aguardam decisão do TCU.

Quanto à materialidade dos recursos fiscalizados, as auditorias se referem a R$ 29,4 bilhões, considerando os valores dos contratos e dos editais fiscalizados. O total de benefícios financeiros apurados no Fiscobras 2018 alcançou R$ 840 milhões.

Zona Franca

O futuro de empresas produtoras de bens intermediários fabricados na Zona Franca de Manaus vai ser definido, nesta quinta-feira, 8, durante julgamento do Recurso Extraordinário 592.891, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Recurso

A informação sobre o julgamento foi divulgada pelo deputado Serafim Corrêa (PSB), que está em Brasília para acompanhar a audiência. O recurso foi apresentado pela empresa Nokia.

Hino

Comissão criada em Apuí para escolher a letra do hino da cidade não aprovou proposta de composição apresentada por entender que composição não é inédita e por faltar e requisitos e, por isto, deu por fracassado o Concurso do Hino do municipal. A decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas.

Reumatologia

Em sua quinta edição, o Simpósio da Liga Acadêmica de Reumatologia foi realizado, ontem, no auditório Doutor Zerbini, na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).