No Brasil, Malala defende que a educação é o melhor investimento

Malala é a pessoa mais jovem a receber um Prêmio Nobel da Paz, aos 17 anos de idade. Com 15 anos, ela foi baleada pelo Talibã por se manifestar contra a proibição da educação para mulheres

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A ativista paquistanesa Malala Yousafzai, em visita à capital paulista, defendeu a educação a longo prazo como melhor investimento, em especial para o desenvolvimento feminino. “O empoderamento das meninas vem da educação, tem a ver com emancipação”, disse. Ela participou de evento promovido pelo Itaú Unibanco, no Auditório Ibirapuera. Malala é a pessoa mais jovem a receber um Prêmio Nobel da Paz, aos 17 anos de idade. Com 15 anos, ela foi baleada pelo Talibã por se manifestar contra a proibição da educação para mulheres.

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai, em visita à capital paulista, participou de evento promovido pelo Itaú Unibanco, no Auditório Ibirapuera.

UBs Fluvial
A Prefeitura de Manaquiri recebeu recursos de emenda do senador Eduardo Braga (MDB) para a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) fluvial. A verba federal é de R$ 2,3 milhões visa comprar e equipar a UBS para a população ribeirinha.

Evento
Simpatizantes da pré-candidatura de Jair Bolsonaro transformaram em um evento a afixação, ontem, de um outdoor do deputado na Alameda Cosme Ferreira.

Mascote
Encerram-se, no dia 20, as inscrições ao concurso-prêmio de R$ 10 mil da Prefeitura de Manaus para a escolha do nome e da identidade visual do Sauim-de-Manaus. Desde 2005, ele é o mascote da cidade.

Feira
Em pleno verão amazônico será realizada, em agosto, em Manaus, a segunda edição da Feira Internacional de Vinhos na Amazônia.

MAIS INFO
2,7 bi de reais foi o montante fechado pela Advocacia Geral da União (AGU) e o Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) pelo acordo de leniência com a Odebrecht.

1,48% foi a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), em junho, abaixo do 1,64% de maio. Com esse resultado, o índice acumula alta de 5,45% no ano e de 7,79% em 12 meses, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).