Para 70%, funcionários públicos têm privilégios, diz pesquisa nacional

Instituto quis saber se o público aprovaria o governo caso apresentasse proposta para tratar funcionários públicos com os mesmos direitos da iniciativa privada

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Em levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, 70% dos brasileiros responderam que os funcionários públicos do País tem privilégios. Só 23% responderam que não, enquanto 6,5% não sabem ou não opinaram. O instituto quis saber se o público aprovaria o governo caso apresentasse uma proposta para tratar os funcionários públicos com os mesmos direitos da iniciativa privada. Dessa vez, 72% disseram que aprovariam.

(Foto: Velosodemelo.com.br)

Os pedidos de falência caíram 18,2%, em 2017, em relação a 2016. Já as falências decretadas subiram 2,9%. Os pedidos de recuperação judicial em andamento tiveram queda de 23,7% e os já deferidos, de 18,9%, segundo a Boa Vista SCPC.

Algemas no sistema
A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Estado (Seap) acaba de homologar licitação para a compra de algemas, no valor de R$ 25 mil, para atender as suas necessidades.

Obras no Compaj
O governo do Estado recebeu licença prévia do Instituto de Proteção ambiental (Ipaam) para realizar estudos de viabilidade do centro de detenção provisório 3, do semiaberto e da Cadeia Pública masculina, no Compaj.

BR-319 há 50 anos 1
A BR-319, que liga Manaus a Porto Velho e ao restante do País, completará, em 2018, 50 anos, desde o início de suas obras, e é um exemplo de desperdício, no que tange a estar praticamente fechada há 30 anos.

BR-319 há 50 anos 2
Inaugurada em 1976, a BR-319, que era totalmente asfaltada, com acostamento, postos de combustíveis a cada 100 quilômetros, funcionou perfeitamente até 1988, sem interrupção governamental.

MAIS INFO
0,7% foi o crescimento do volume do comércio varejista no Brasil, em novembro, impulsionado pelas promoções, como a Black Friday, comparado a outubro, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE.

10.000%
é a quanto pode chegar a inflação na Venezuela, que fechou 2017 em 2.616%, segundo dados apresentados pela Assembleia Nacional, de maioria opositora, diante da ausência de informações sobre esses indicadores por parte do Banco Central (BCV).