TRF5 derruba liminar que suspende tabela de preços de frete no RN

Na decisão, desembargador argumentou que é prudente à ordem pública e à ordem administrativa assegurar as bases do acordo entre o governo e os caminhoneiros

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 5 ª Região (TRF5), desembargador Cid Marconi Gurgel de Souza, derrubou liminar que suspendeu os novos valores mínimos para o frete o rodoviário no País.

TRF5 derruba liminar que suspende tabela de preços de frete no RN (Foto: Jimmy Geber)

Na decisão, o desembargador argumentou que é prudente à ordem pública e à ordem administrativa assegurar as bases do acordo entre o governo e os caminhoneiros. O desembargador disse, ainda, que é dever do Poder Executivo buscar a solução de consenso que melhor atenda a todas as partes envolvidas.

Conematra
O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT- 11) vai sediar, nos dias 14 e 15 de junho, a Assembleia Ordinária e Reunião de Trabalho do Conselho Nacional das Escolas de Magistratura do Trabalho (Conematra).

Tangente
O pré-candidato do MDB ao governo paulista, Paulo Skaf, disse que seu candidato à Presidência é o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, tentando afastar a possibilidade de apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSL).

Derivados
Presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado, o senador Eduardo Braga defendeu, em reunião da comissão, a alteração nos reajustes dos preços feitos pela Petrobras e apoiou a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a política de formação de preços da estatal, que resultou na greve dos caminhoneiros.

MAIS INFO
US$ 12,3 bi foram retirados, só em maio, pelo insvestidores em países emergentes, incluindo o Brasil, equivalente a R$ 45,5 bilhões. No mês anterior, foram US$ 300 milhões (R$ 1,1 bilhão). Segundo o Instituto Internacional de Finanças.

7,49% foi a queda das ações da Perdigão após a China anunciar tarifa de 38% para a entrada de frango brasileiro, medida que pegou os exportadores de surpresa. O processo para a imposição de restrição ao frango brasileiro começou em agosto de 2017.