Vice dos EUA vem a Manaus para visitar os refugiados

A comitiva presidencial prepara a vinda de Pence até Manaus, na última semana de junho, para visitar os abrigos dos venezuelanos e o suporte dado pela Prefeitura de Manaus

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Após adiar a sua terceira viagem à América do Sul, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, confirmou que visitará o Equador e o Brasil. A comitiva presidencial prepara a vinda de Pence até Manaus, na última semana de junho, para visitar os abrigos dos venezuelanos e o suporte dado pela Prefeitura de Manaus.

Em janeiro, o prefeito Arthur Virgílio recebeu do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), o reconhecimento pelo acolhimento dos índios venezuelanos da etnia Warao. No começo do mês, Pence confirmou, na Casa Branca, a sua visita aos dois países e anunciou que o motivo era voltado para a segurança e relações econômica e “para chamar a atenção sobre o colapso da tirania e a crise humanitária na Venezuela”.

Nesta terça-feira, o Senado aprovou a medida provisória que trata de ações emergenciais de assistência aos venezuelanos que têm migrado para o Brasil. Como já foi aprovado pelos deputados, o chamado projeto de lei de conversão seguiu para sanção presidencial.

Igualdade
Apesar do nome, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) lançou um homem como pré-candidato ao Governo do Rio Grande do Sul. Luiz Fernando Portella defenderá igualdade entre homens e mulheres, o direito das minorias, a valorização dos policiais e a privatização.

Pauta
A pauta prioritária do governo federal no Legislativo inclui a votação, antes do recesso no dia 17 de julho, do projeto de desestatização das distribuidoras da Eletrobras, do Cadastro Positivo e da MP que criou o Ministério da Segurança.

Reformas 1
O senador Eduardo Braga (MDB) criticou as distorções nas políticas tributária e fiscal brasileiras que penalizam a população mais pobre e aprofundam as desigualdades sociais e regionais.

Reformas 2
O tema foi debatido na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), que analisou a proposta de uma reforma tributária solidária elaborada por auditores. Esteve na reunião o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, entre outros especialistas.

Supremo torna Agripino Maia réu pela segunda vez
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou, ontem, a denúncia contra o senador José Agripino Maia (DEM-RN) pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e uso de documento falso. Esta já é a segunda denúncia.

Comissão pede esclarecimentos a Pedro Parente
A Comissão de Ética da Presidência enviou um ofício à Petrobras e ao ex-presidente da empresa, Pedro Parente, pedindo explicações sobre supostas irregularidades no empréstimo feito pela Petrobras ao Banco JP Morgan.