TRF1 abre edital de concurso público com vagas para AM e salários de até R$ 10 mil

No Amazonas, há quatro vagas para Manaus, Tefé e Tabatinga além de cadastro reserva. As inscrições iniciam em 13 de setembro. Confira o edital

Beatriz Gomes/redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Tribunal Regional Federal da 1ª Região publicou edital nesta quarta-feira (6) para a contratação de técnicos e analistas judiciários para o quadro de pessoal do órgão com 20 vagas para Brasília e 13 Estados, entre eles, Amazonas, com quatro vagas. A remuneração é de R$ 6.376,41 e R$ 10.461,90, ambos com carga horária de 40 horas semanais.

Confira o edital

Para candidatos de nível superior, as vagas são para analista judiciário nas áreas Administrativa, Judiciária, Informática, Taquigrafia e Oficial de Justiça Avaliador Federal. Já para os que possuem ensino médio completo as vagas são de Técnico Judiciário, que envolve as áreas Administrativa, Taquigrafia e Segurança e Transporte.

As vagas serão distribuídas para a sede, que fica em Brasília/DF, e para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. No Amazonas, há quatro vagas para Manaus, Tefé e Tabatinga além de cadastro reserva.

As provas serão realizadas nas capitais dos estados que compõem a 1ª Região, e o candidato somente poderá realizar o teste em uma das cidades.

As inscrições custam R$ 86 para analista judiciário e R$ 75 para técnico judiciário e acontecem de 10h do dia 13 de setembro às 18h do dia 3 de outubro, horário oficial de Brasília/DF.

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), da Universidade de Brasília, é a responsável pelo concurso. O processo de inscrição será somente via internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/trf1_17_servidor.

 

Provas

A seleção dos candidatos será por meio de provas objetivas, prova discursiva, prova prática de acompanhamento taquigráfico e prova de aptidão física (conforme o cargo disputado). Todas essas etapas, além do procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência, serão realizadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Manaus, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Salvador, São Luís e Teresina.

As provas objetivas e a prova discursiva para todos os cargos serão aplicadas na data provável de 26 de novembro de 2017, em turnos e com durações diferenciadas. Os gabaritos oficiais preliminares serão divulgados dois dias após a aplicação.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.