Amazonas tem 65,3 mil pequenas empresas com contas atrasadas

Os dados, referentes ao mês de fevereiro deste ano, apontam que o Estado detém 1,3% das companhias inadimplentes deste porte de todo o País

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Amazonas tem 65.300 micro e pequenas empresas (MPEs) com contas em atraso, o que corresponde a 1,3% das companhias inadimplentes deste porte de todo o País, conforme estudo da Serasa Experian.

De acordo com estudo, do total de 5,025 milhões de MPEs no vermelho, 44,9% são empresas comerciais. (Foto: Sandro Pereira)

Os dados, referentes a fevereiro deste ano, apontam que em torno de 5,025 milhões de MPEs do Brasil estão inadimplentes.

O resultado das micro e pequenas empresas locais é um dos piores da Região Norte, perdendo apenas para o Pará, que detém 1,9% das companhias desse porte com pagamentos atrasados, em relação ao resto do Brasil. Os outros Estados têm índices menores: Acre (0,2%), Amapá (0,2%), Rondônia (0,8%), Roraima (0,2%) e Tocantins (0,7%).

Em todo o País, o número de MPEs com contas em aberto, em fevereiro de 2018, é 11% superior ao registrado no mesmo mês de 2017, quando 4,525 milhões de negócios desse porte estavam com dívidas em atraso.

Ainda de acordo com o estudo, do total de 5,025 milhões de MPEs no vermelho, 45,9% são prestadoras de serviços, 44,9% empresas comerciais e 8,7% indústrias.

A Região Sudeste concentra a maior porcentagem de micro e pequenas empresas inadimplentes, com 54% do total. Em seguida, aparece o Nordeste, com 16,3%, o Sul, com 15,8%, Centro-Oeste, com 8,7%, e Norte, com 5,3%.

Entre os Estados, São Paulo tem o maior número de empresas negativadas, com 32,8% do total. Em seguida, está Minas Gerais, com 11%, e Rio de Janeiro em terceiro, com 8,2%.

Segundo os economistas da Serasa, a alta de 0,5% em fevereiro de 2018 do total de MPEs inadimplentes foi a menor dos últimos dez meses. Isto pode ser um sinal de que, com a maior disseminação do crescimento econômico e com as sucessivas quedas das taxas de juros, a alta da inadimplência das MPEs pode estar chegando ao seu final.

Negociar dívidas

A Serasa Experian disponibiliza o Serasa Recupera PJ (www.serasarecupera.com.br), um serviço on-line para as companhias renegociarem suas dívidas atrasadas diretamente com os credores. Os responsáveis devem se cadastrar gratuitamente no site e acessar a página onde estarão relacionados os credores participantes com os quais a empresa possui alguma conta em aberto, que esteja na base de dados da Serasa.

Ao clicar no nome do credor, serão apresentadas as pendências e os canais de atendimento disponíveis para efetivar a renegociação.