Centros comerciais e lojas de Manaus começam campanhas de desconto

Em um shopping da zona norte da capital, os clientes poderão adquirir produtos com até 70% de desconto, a partir de sexta-feira (11)

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Passadas as festas de final de ano, o comércio na capital do Estado começa a se movimentar em torno das grandes liquidações e saldões para atrair a atenção dos clientes. O Manaus Plaza Shopping, no bairro Chapada, zona centro-sul, é um desses exemplos.

Desde a última quinta-feira (3), o centro de compras está com lojas que oferecem até 70% de desconto. A liquidação segue até esta quinta-feira (10). Segundo informações do shopping, as lojas disponibilizam diversos produtos como roupas, calçados, acessórios, perfumaria, óculos, serviços de estética e beleza, produtos esportivos, produtos para animais, eletrônicos, jogos de videogames e celulares.

Já o Sumaúma Park Shopping, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, inicia sua promoção nesta sexta-feira (11) e segue com ela até o próximo domingo (13).

No período da promoção, os clientes poderão encontrar produtos com até 70% de desconto. “O mercado está investindo cada vez mais em promoções no início do ano. Inclusive, as pessoas já esperam as promoções pós festas de Fim de Ano como oportunidade de comprar melhor”, comenta Laura Palhares, gerente de marketing do shopping.

Rede

A rede de perfumaria O Boticário também continua com sua série de promoções de até 50% de desconto até o dia 27 de janeiro. São mais de 500 produtos com preços reduzidos. Destaques para Floratta L’Amore, último lançamento da linha, com um toque doce e um delicioso frescor, e também para os clássicos Coffee, Insensatez, Malbec e Quasar.

Estratégia

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC) o tipo do produto vendido é relevante para definir se haverá liquidações em janeiro. Se os produtos são perecíveis (especialmente os natalinos, como alimentos típicos), as liquidações são obrigatórias pois a demanda após o Natal cai drasticamente. No caso de itens não perecíveis (até os sazonais como enfeites), as promoções podem ser menos agressivas ou nem serem feitas. O lojista precisa avaliar se haverá custo adicional em estocar as mercadorias até o próximo ciclo de vendas ou se há urgência em aumentar o capital de giro.

Outro fator é ter planejado o estoque para o período com antecedência, porque entrar num novo ano com estoques exagerados aumenta a necessidade de caixa e/ou de se livrar de um estoque.

Os segmentos de eletroeletrônicos e eletrodomésticos e vestuário também costumam aderir as promoções depois das festas de fim de ano.

***Matéria atualizada às 22h20 para acréscimo de informações