Fecomércio aponta alta de 2% na Páscoa

Segundo a entidade de classe, as pesquisas empresariais apontam um período muito promissor para o setor do comércio no Estado, com as vendas dirigidas para as datas comemorativas

Thiago Gonçalves / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Federação do Comércio do Amazonas (Fecomércio) estima um crescimento nas vendas para a Páscoa, este ano, que varia entre 1,5% e 2%, em relação ao mesmo período do ano passado. O economista da Fecomércio, José Fernando, ressalta que as pesquisas empresariais apontam um período muito promissor para o setor do comércio no Estado.

“Já no mês de outubro, quando tivemos a Black Friday, as vendas cresceram e as projeções seguiram com um viés de alta nos meses subsequentes. As empresas praticamente zeraram seus estoques com as vendas e agora o momento é de reposição de estoque. As empresas estão se preparando não só para a Páscoa, mas também para as vendas do Dia das Mães que é a segunda maior sazonalidade do ano. Os lojistas devem apresentar muitos produtos novos. O comércio está otimista principalmente com as perspectivas de crescimento da nossa economia”, afirmou.

Estabelecimentos anteciparam encomendas para atender o interior (Foto: Thassio Pierre/Divulgação)

Em uma loja voltada para o artigo de festas, confeitaria e bomboniere, localizada à Rua dos Andradas, Centro, a preparação para as vendas para a Páscoa, comemorada em 21 de Abril, começou ainda no mês de Janeiro. “Começamos mais cedo. Mesmo no período do Carnaval nós já estávamos com nossos produtos de Páscoa nas nossas gôndolas e tem muitas novidades para o consumidor este ano. A tendência são as canecas para os ovos de chocolates e as caixas para meio ovo também para o cliente colocar o ovo de Páscoa para ele dar de presente para amigos ou familiares. Ainda temos muitos produtos no estoque que estão descendo agora. Então é muita coisa boa aí para gente”, explica a subgerente do estabelecimento, Eliliana de Alencar, 53.

A expectativa é de aumento das vendas. “A procura, esse ano, primeiro começou com o pessoal do interior. Em janeiro, nós já tínhamos cliente ligando atrás dos nossos produtos de Páscoa, quer dizer, já é possível perceber então essa melhora em relação a 2018. Ano passado, nós colocamos nossos produtos à disposição do cliente em fevereiro e, nesse ano, nós colocamos em janeiro e a procura já era grande e agora com os produtos já na prateleira melhor ainda. O cliente chega e já dá de cara aqui com todas as novidades”, disse.

A autônoma Simone Bitencourt, 32, trabalha com datas comemorativas há seste anos. Ela faz manualmente produtos que são distribuídos para comerciantes no interior do Amazonas. Com uma lista de pedidos, a empreendedora foi antecipar as compras. Ela tem uma equipe composta por familiares e algumas pessoas que ela contratou.