Latam vai renovar as refeições da classe econômica de voos internacionais

Nos voos que partem e chegam ao Brasil, o serviço será alterado até o fim de novembro

Com informações da assessoria

A Latam vai renovar completamente as refeições a bordo da classe econômica de seus voos internacionais com mais  de sete horas de duração. A novidade já está disponível nos voos de e para o Chile e será implementada nos demais voos da malha internacional do grupo até o fim do ano. Nos voos que partem e chegam ao Brasil, o serviço será alterado até o fim de novembro.

A companhia substituiu a tradicional bandeja utilizada para refeições a bordo por um novo modelo de pratos gourmet individuais. Eles são 50% maiores e apresentam elementos das cozinhas latino-americana, internacional e vegetariana.

Os passageiros receberão um menu com três opções para almoço ou jantar, incluindo uma alternativa de prato quente, outra de um prato vegetariano e uma alternativa de prato frio, mais leve. Todos serão acompanhados do serviço de bebidas e um snack doce. Também haverá duas opções para o café da manhã – todos sem nenhum custo adicional para os passageiros.

Menu

As opções para almoço e jantar para os passageiros da cabine Economy incluem pratos que vão desde ‘capa de filé cozida lentamente, torta de milho com farinha de milho, aspargos salteados e tomate-cereja’ e ‘caneloni de ricota e espinafre com molho cremoso de açafrão e coulis de pimentão assado’ até ‘prato frio de de frango assado com quinoa, favas, molho de iogurte com gergelim e mix de folhas’. As opções de café da manhã incluem ‘sanduíche de presunto e queijo no pão croissant, ‘crepes recheados com maçãs e peras caramelizadas’ e ‘waffles recheados com doce de leite, castanha de caju e laranja’.

 

No total, a companhia criou mais de 300 novos menus, que serão servidos para cerca de 14 mil passageiros em 64 voos todos os dias.

 

Exemplo de menu: Santiago-Melbourne

Segundo a empresa, o novo conceito de refeições foi desenvolvido junto com especialistas em catering de aviação no Gategroup Innovation Centre, na Holanda. Foram realizados 14 testes a bordo dos voos. Os clientes responderam questionários sobre a experiência a bordo como um todo e, em média, as notas de satisfação dobraram com o novo serviço de bordo quando comparadas com as de voos anteriores em classe Economy em rotas de longo curso.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES