MAP Linhas Aéreas estuda abrir rota para o Peru no segundo semestre de 2019

A companhia aérea MAP Linhas Aéreas também estuda realizar viagem nos trechos saindo de Manaus para o oeste do Pará e Ceará

Stephane Simões / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A MAP Linhas Aéreas está estudando a possibilidade de realizar viagens com destino ao Peru. Atualmente, a companhia realiza viagens para nove municípios do Amazonas e mais cinco do Pará. No início da tarde desta quarta-feira (13), a MAP apresentou mais uma aeronave, a ATR-72 500, com capacidade para 72 passageiros.

A aeronave ATR-72 500, com capacidade para 72 passageiros, foi apresentado à imprensa (Foto: Eraldo Lopes/GDC)

A expectativa da empresa é de que, no segundo semestre, a companhia passe a contar com novos destinos, conforme informou o gerente comercial da companhia, Alexandre Nascimento. Além do estudo que está sendo realizado tendo como destino o Peru – o primeiro destino internacional, a MAP tem realizado estudos de trechos saindo de Manaus para o oeste do Pará e Ceará.

No trecho Manaus-Peru, a rota prevista é Manaus-Rio Branco-Peru. A outra rota prevista é o trecho Manaus-Belém-Fortaleza-Jericoacoara, segundo o gerente comercial da MAP. “Essas novidades trarão o desenvolvimento da região. Assim como a gente vai poder viabilizar mobilidade, do Peru para outros países, conseguiremos ter, além de uma tarifa melhor, teremos destinos mais abrangentes no mundo”, afirmou.

A aeronave foi apresentada, nesta quarta-feira (13), com “Batismo de avião”, quando uma rota nova está para ser inaugurada (Foto: Eraldo Lopes/GDC)

Com essas novidades, a MAP pretende lançar promoções com novos pacotes nos próximos meses. As passagens podem ser adquiridas pelo site da companhia ou na loja física, em Manaus, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na zona oeste de Manaus.

Nesta terça-feira (12), a companhia aérea estava vendendo, no site, pacotes promocionais com trechos a partir de R$ 170. Por conta do grande número de acessos, o site ficou “congestionado”, impedindo que algumas pessoas adquirissem os pacotes.

Por conta disto, a empresa passará a investir e melhorar a plataforma. “Nós somos a companhia que mais cresceu em 2018. Estamos, agora, tentando fortalecer essa parte de TI. Acredito que nos próximos meses estará melhor do que hoje”, disse o gerente comercial da MAP.