‘É uma vontade de chorar, gritar, se jogar no chão’, diz aprovada da UEA

A Universidade do Estado do Amazonas recebeu, na manhã desta terça-feira (4), os aprovados do vestibular e do Sistema de Ingresso Seriado

Édria Caroline / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A espera para dos candidatos que prestaram o vestibular e a prova do Sistema de Ingresso Seriado (SIS) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) finalmente acabou. A instituição divulgou a lista dos aprovados nos 52 cursos oferecidos, na manhã desta terça-feira (4), no prédio da reitoria da UEA, na Avenida Djalma Batista, bairro Chapada, zona centro-sul da capital.

Heloísa Albuquerque, 18, agora caloura do curso de Medicina, contou que a preparação já vinha desde o ano passado. Ela iniciou o curso de Enfermagem, mas sem abandonar o sonho de ser médica. “Estou desde o ano passado me preparando e fiz curso nas férias. Ver meu nome aprovado no curso que sempre sonhei é inacreditável, estou muito feliz”, disse.

Aprovados falaram sobre a emoção de passar no vestibular estadual (Foto: Divulgação/Édria Caroline)

A estudante do 3º ano do Ensino Médio Samantha Brandão, 17, esteve acompanhada da mãe, Neire Brandão, 50, que é médica. As duas, bastante emocionadas, disseram que a aprovação na universidade estadual, pelo SIS, é um sonho realizado.

“Foram três anos de preparação para as provas. Essa aprovação não é só minha, é da minha mãe também que tanto me incentivou. Sou muito grata”, afirmou. “A sensação é a mesma de quando eu passei no vestibular e vendo a minha filha seguir os meus passos é uma felicidade enorme, o orgulho da família”, falou, emocionada, a mãe da caloura.

Nicole Rondon, 17, também estudante do 3º ano do Ensino Médio, passou no curso de Enfermagem e, em meio a gritos eufóricos, descreveu a sensação como “incrível”. “É uma vontade de chorar, gritar, se jogar no chão, ligar para todo mundo. É incrível, sensacional, estou feliz demais”, descreveu Nicole.

Diretora de uma instituição de ensino privada da capital, Ludmylla Rondon, esteve no local para compartilhar a felicidade de seus alunos. “Chega um momento desse a nossa sensação é de missão cumprida, eles chegaram aonde nós tínhamos a missão de colocá-los. Não tem como não se emocionar, nós fazemos parte da história deles e isso é muito bonito”, enfatizou a diretora.

Aprovados falaram sobre a emoção de passar no vestibular estadual (Foto: Divulgação/Édria Caroline)

Alegria para uns, tristeza para outros

Houve também quem não aguentou a ansiedade de esperar o resultado on-line, mas não teve a felicidade de ver o nome na lista de aprovados, como foi o caso do candidato Henrique Nascimento, 19, que concorria a uma vaga no curso de Direito. “Agora é continuar estudando para tentar passar no ano que vem”, falou o candidato.

Já a estudante Karina Martins, 18, que concorria a uma vaga no curso de Medicina pelo SIS, mas também não obteve resultado positivo. “Ssempre soube que é muito concorrido, talvez eu não tenha me dedicado o suficiente, mas não vou desistir do meu sonho de ser médica”, disse a jovem.

UEA recebe mais de 5 mil calouros em 2019

Foram 5.331 vagas, entre capital e interior, disponibilizadas pela universidade pelo vestibular e Sistema de Ingresso Seriado (SIS) em 52 cursos. De acordo com a instituição, as áreas mais concorridas eram Medicina, Educação Física, Direito, Enfermagem e Administração.

O reitor da UEA, Cleinaldo Costa, comentou que a divulgação da lista de aprovados é um momento de muita emoção não apenas para candidatos e familiares, mas também para a universidade. “Queremos desejar boas-vindas a todos os nossos calouros, estamos aqui para acolhê-los de braços abertos para um ano letivo de muito vigor, muita energia positiva e muita alegria na universidade que mais cresce e que mais se desenvolve no estado do Amazonas”, afirmou Costa.

A matrícula para os calouros inicia no dia 7 de janeiro de 2019 e a documentação necessária para realizar o trâmite pode ser consultada no site da UEA. O nome dos aprovados também estará disponível no site da instituição a partir das 12h desta terça-feira (4).

Cleinaldo Costa, reitor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) (Foto: Divulgação/Édria Caroline)