Manaus fica entre as dez melhores capitais do País em Educação

Capital conquistou a nona posição no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, que foi divulgado nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC)

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Mais uma vez a capital amazonense mostrou que fez o dever de casa ao chega à nona posição no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, que foi divulgado nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC). O prefeito Arthur Virgílio Neto destacou o avanço na Rede de Ensino Municipal, reiterando que, em 2017, a Prefeitura de Manaus já superou a meta estabelecida para o ano de 2021.

“Nossa colocação é reflexo de um investimento consciente, de um trabalho pedagógico sério, do prestígio aos professores, com datas-bases cumpridas, com os compromissos todos honrados e, ao mesmo tempo, com a motivação dos pais, que sabem que o futuro das suas famílias e da cidade está nas mãos dos seus filhos”, destacou o prefeito.

Com a nota de 4,7 nos Anos Finais, Manaus já superou a meta estipulada pelo MEC para o ano de 2021, que é de 4,6. (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

Em dois mil dias de gestão, Arthur Neto tirou Manaus da tímida 20ª posição no Ideb, com nota de 4,1, para os Anos Iniciais (do 1º ao 5º ano do ensino fundamental), e 3,1, nos Anos Finais (do 6º ao 9º ano do ensino fundamental), colocando a educação básica do município entre as dez melhores de todo o País. Manaus garantiu o nono lugar no Ideb com os índices de 5,8 e 4,7, para os Anos Iniciais e Finais do ensino fundamental, o que representa um crescimento de 41% e 52%, respectivamente.

“Estamos gratos a toda equipe da Secretaria Municipal de Educação (Semed) por esse crescimento, mas digo que não estou satisfeito com o nono lugar, quero mais que isso. Estamos brigando com o que há de melhor no ensino público municipal do País para, no futuro, chegarmos ao oitavo lugar”, desafiou o prefeito, ao comemorar o crescimento dos índices educacionais de Manaus.

Com a nota de 4,7 nos Anos Finais, Manaus já superou a meta estipulada pelo MEC para o ano de 2021, que é de 4,6. E nos últimos seis anos, a capital foi a que mais avançou na educação em todo o Brasil, ficando atrás somente de Fortaleza (CE). Esses números representam o resultado dos investimentos feitos pela Prefeitura de Manaus, visando sempre a qualidade do processo de ensino-aprendizagem dos alunos e a valorização dos educadores.

“A população tem que entender o esforço grande que estamos fazendo para manter o direito constitucional para nossas crianças, que é ter uma aprendizagem de qualidade. Isso é um direito. Estamos cumprindo com a nossa obrigação de gestor público e todas as nossas 500 escolas têm metas a serem cumpridas. O Brasil inteiro nos procura para saber como foi que conseguimos. Não temos feito mágica. Trabalhamos com organização, com gestão, com a motivação da nossa equipe e criamos um ambiente para que as crianças aprendessem”, explicou a secretária municipal de Educação, Katia Schweickardt.

A nota do Ideb é composta pela nota da Prova Brasil e Fluxo Escolar. A Prova Brasil é realizada em todos os anos ímpares e a divulgação dos resultados ocorre sempre no ano subsequente.