Primeiro colocado em Medicina na Ufam pelo Sisu teve 800,39 pontos

Lista de aprovados pelo Enem foi divulgada, nesta segunda-feira. Curso de Medicina apresentou nota de corte superior a 774 pontos

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A maior nota da ampla concorrência para o curso de Medicina na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), segundo o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu 2018), foi de 800,39 pontos, já a de corte para o curso foi de 774,87. A lista dos aprovados foi divulgada, nesta segunda-feira (29), no site www.sisu.mec.gov.br. No ano passado, 62% dos aprovados no curso eram ‘forasteiros’. Segundo informou a Ufam, a maioria dos concorrentes veio do Pará.

Matrícula para os aprovados na Ufam vai do dia 5 ao dia 9 de fevereiro (Foto: Eraldo Lopes)

Conforme a Ufam, ainda não é possível saber, dentre os nomes aprovados do Sisu 2018, quais são estudantes que não moram no Amazonas. A relação deve ser divulgada somente no dia 5 de fevereiro, quando são iniciadas as matrículas.

Outro curso entre os mais concorridos no Sisu 2018, o de Direito, na capital Manaus, obteve nota de corte de 753,88 pontos, mas o primeiro colocado na categoria de ampla concorrência, conseguiu 777, 58 de nota. Este, em 2017, recebeu 10 concorrentes de fora do Estado, nos turnos diurno e noturno. Sendo a maioria do Pará (4) e Rondônia (2).

Das 56 vagas de Medicina ofertadas em 2017, 35 foram preenchidas por concorrentes de fora do Estado, 13 vieram do Pará. Em seguida, São Paulo e Rio de Janeiro, cada um com quatro aprovados, seguem em segundo lugar na lista.

O uso do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de aprovação na Ufam fez diminuir a participação dos alunos do Amazonas em cursos concorridos e com maior nota de corte. No primeiro ano de Sisu, 2012, nenhum estudante amazonense foi selecionado.

A participação dos estudantes do Estado, no entanto, aumentou no decorrer das edições. No ano passado, foram 21 moradores do Amazonas aprovados.

A Ufam oferece, via Sisu, 1.895 vagas para ingresso no 1º e 2º semestres de 2018, no campus de Manaus e 825 vagas com ingresso no 2º semestre de 2018 para os campi do interior nos municípios de Benjamin Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara e Parintins.

Matrículas

Por causa das cerimônias de colação de grau, a Ufam determinou que o procedimento de matrícula seja adiado para o dia 5 de fevereiro. Segundo a instituição, o local onde são recebidos os novos alunos estava reservado. A Ufam informou, no entanto, que tem até o dia 16 de fevereiro para efetivar todas as matrículas.

De acordo com o calendário do MEC, as matrículas dos aprovados via Sisu são realizadas do dia 30 de janeiro ao dia 7 de fevereiro, mas, na Ufam, o calendário de matrícula vai do dia 5 ao dia 9 de fevereiro.

A coordenadora de matrícula, Jeane Lima, explicou que a antecipação do resultado do Enem pelo MEC e, consequentemente, do calendário de inscrição no Sisu e matrícula nas instituições, não permitiu que a Ufam acompanhasse o calendário estabelecido nacionalmente.

“Já havíamos divulgado nosso Edital de matrícula (Edital Nº 003/2018 – Matrícula Institucional), o qual estabelece o período de 5 a 9 de fevereiro para matrícula”,