Neymar volta a ser titular após 7 meses

Atacante do PSG começará o amistoso, na equipe principal da Seleção Brasileira, diante da Áustria, neste domingo, em Viena, para ficar em condições de jogo para a Copa do Mundo

Folhapress / vencer@diarioam.com.br

Londres – A presença de Neymar na equipe titular no amistoso contra a Áustria faz parte do planejamento da comissão técnica da Seleção Brasileira de ter o atacante 100% pronto para as oitavas de final da Copa do Mundo. Ele vai iniciar a partida contra os austríacos, mas possivelmente não ficará em campo durante os 90 minutos do confronto. A partida é a última preparatória do Brasil antes do duelo contra a Suíça, dia 17, em Rostov, pela primeira rodada do Mundial da Rússia.

Neymar formará o setor ofensivo com Willian, Coutinho e Gabriel Jesus. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Além da Suíça, o Brasil enfrentará na primeira fase do Mundial a Costa Rica e a Sérvia. Neymar retornou aos gramados, no último domingo, quando ficou em campo durante 45 minutos. Foi a primeira partida do jogador desde a lesão sofrida no quinto metatarso do pé direito, em 25 de fevereiro, pelo Campeonato Francês.

Ele entrou no lugar de Fernandinho, que agora amargará o banco de reservas. “Neymar tem condições de jogar (contra a Áustria) mais do que no jogo anterior. Jogar ou não a partida inteira vai ser uma questão de avaliar como será o jogo”, disse o médico da Seleção, Rodrigo Lasmar.

O preparador físico Fábio Mahseredjian reforçou o otimismo nas condições de Neymar. “Ele é um atleta diferente e pode fazer coisas diferentes para nos ajudar. Nos apresentamos, praticamente, um mês antes do primeiro jogo e até o final da primeira fase será mais de um mês (38 dias). Ele está muito bem amparado”, garantiu.

Contra os croatas, Neymar começou no banco de reservas após uma conversa com Tite e a comissão técnica da Seleção Brasileira. O treinador afirmou que esperaria o retorno do jogador após a segunda-feira de folga para definir se escalaria o atleta desde o início contra a Áustria. Já Neymar afirmou após o último amistoso que estava 80% pronto.

Diante da Áustria, o camisa 10 iniciará um jogo pela Seleção após sete meses. A última vez que começou uma partida sob o comando de Tite foi em novembro do ano passado contra a Inglaterra.

Será a primeira vez que Tite escalará desde o início da partida o seu quarteto ofensivo formado por Neymar, Willian, Coutinho e Gabriel Jesus.

Nesta formação, Neymar atuará pelo lado esquerdo, Coutinho centralizado e Willian aberto pela direita.

O quarteto jogou junto por 25 minutos durante o segundo tempo contra o Equador, em Porto Alegre, por 16 minutos diante da Colômbia, fora de casa, ambas pelas Eliminatórias Sul-Americanas, e 15 minutos da etapa final, no domingo, diante da Croácia.

O treinador pretendia escalar essa formação pela primeira vez no amistoso contra a Rússia, em março. Ele abortou a ideia devido a lesão do jogador do Paris Saint-Germain (PSG). O escolhido para o substituir foi Douglas Costa. A formação é considerada a ideal por Tite para o duelo contra a Suíça e diante da Costa Rica.