Copa Libertadores Feminina define grupos para disputa de título, em Manaus

Na noite desta quarta-feira (7), durante um sorteio na Arena da Amazônia, a Conmebol e a CBF dividiram os 12 clubes

Natasha Pinto / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Os grupos da Copa Libertadores Feminina de 2018, torneio continental que pela primeira vez será realizado em Manaus, a partir do dia 18 deste mês, estão definidos. Na noite desta quarta-feira (7), durante um sorteio na Arena da Amazônia, a Conmebol e a CBF dividiram os 12 clubes, de dez países da América do Sul, em três chaves, com quatro equipes cada.

Valores dos ingressos para a ‘Liberta’ não devem passar de R$ 20 (Foto: Eraldo Lopes)

Pelo sistema de disputa, as três primeiras colocadas e o melhor segundo lugar irão para as semifinais da ‘Liberta’. O clube anfitrião, Iranduba da Amazônia, ficou no Grupo C e terá como rivais o Uai Urquiza-ARG, Cerro Porteño-PAR e Flor de Pátria-VEN.

Atual campeão da Libertadores, Audax-SP é o cabeça de chave do Grupo A e enfrentará o Unión Espanhola-EQU, Atlético Huila-COL e Peñarol-URU. O Grupo B contará com as equipes do Santos-SP, do Colo-Colo, do Chile, JC Sport Girls, do Peru, e Deportivo Ita, da Bolívia.

O técnico Igor Cearense acompanhou todo o processo do sorteio e acredita que o Iranduba tem plenas condições de brigar pelo título internacional. “Nós caímos em um grupo bem equilibrado, com mais uma equipe que estreia na competição (Flor de Pátria-VEN). Então, estamos focados em dar o nosso melhor e manter o time ofensivo, como sempre fomos. Não conheço muito as outras equipes”, disse o treinador.

Ingressos

Mesmo a dez dias da abertura da Libertadores Feminina, o diretor de competições de futebol feminino da CBF, Romeu Castro, revelou que ainda não está definido os preços dos ingressos, mas garantiu que não ultrapassará o valor de R$ 20. Ele adiantou que o início das vendas deve ocorrer no dia 16 deste mês.

“Nós faremos uma reunião, que será no Rio de Janeiro, onde definiremos a data de início de vendas, que deve ser ser no dia 16, e o valor. Será preço popular e não será mais do que R$ 20, mas haverá promoções de ingressos a R$ 10 para que todos possam ver um torneio de nível internacional”, explicou o dirigente da CBF.