Flamengo sobra e derrota o Corinthians sem dificuldades, em Itaquera

Com dois gols de Lucas Paquetá e um de Renê, cariocas chegaram aos 52 pontos e estão na disputa pelo título. Também pela parte de cima da tabela, Inter tropeça no Sport e deixa a liderança escapar

Estadão Conteúdo / redacao@diarioam.com.br

São Paulo – O Corinthians reencontrou, na noite dessa sexta-feira (5), o Flamengo, nove dias depois de eliminar o time carioca na semifinal da Copa do Brasil, mas com um final bastante diferente daquele dia histórico. Superior na maior parte do tempo, o time rubro-negro construiu seu triunfo com uma grande participação do meia Lucas Paquetá, autor dos dois primeiros gols. No final, Renê aproveitou contra-ataque e selou um impressionante 3 a 0 para o time carioca, que nunca havia vencido na Arena corintiana.

Primeira vitória rubro-negra na Arena Corinthians foi muito comemorada pelos jogadoreso (Foto: Newton Menezes/Estadão Conteúdo)

O resultado mantém o Alvinegro em estado de atenção com a zona de rebaixamento, estacionando nos 35 pontos e podendo ver a diferença baixar para menos que os seis de vantagem atuais. A Libertadores, por sinal, é cada vez mais utopia. Os flamenguistas, por sua vez, chegam aos 52 pontos e estão vivos na disputa pelo título.

Na próxima rodada, os comandados de Jair Ventura terão pela frente o clássico contra o Santos, às 18h (de Manaus) do próximo sábado, dia 13, no Estádio do Pacaembu. Antes, no entanto, jogam a primeira final da Copa do Brasil, marcada para as 20h45 (de Brasília) da quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão. Do outro lado, o elenco de Dorival Júnior tem também um clássico, também no sábado, mas às 16h (de Manaus), contra o Fluminense.

Sport derrota o Inter em Recife

O Sport conquistou uma importante vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Internacional, na Ilha do Retiro, no Recife, nessa sexta-feira, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deu novo ânimo para o time na briga contra o rebaixamento e impediu que os gaúchos reassumissem a liderança.

O Inter fica estacionado nos 53 pontos, mesma pontuação do líder Palmeiras, que tem agora um jogo a menos e ainda vai enfrentar o terceiro colocado, o São Paulo, com 52, hoje, no Morumbi.

Com 27 pontos, o Sport ainda está na penúltima colocação, acima apenas do lanterna Paraná, que tem dez pontos a menos. Chapecoense, com 28, e Vitória, com 29, completam a zona da degola, e o primeiro time fora do grupo é o Vasco, com 30.

O primeiro tempo foi truncado e com poucas chances de gol. Na segunda etapa, o Inter adotou postura mais incisiva e melhorou após a entrada de D’Alessandro. Aos 21 minutos, saiu dos pés do argentino o passe na medida para Nico López deslocar o goleiro Magrão, em um chute diagonal, e abrir o placar.

A resposta do Sport foi aos 33 minutos. Gabriel cobrou escanteio de esquerda e o jovem zagueiro Adryelson subiu mais do que a marcação para completar de cabeça e empatar. O gol animou o time da casa, que se lançou ao ataque e buscou a vitória nos minutos finais. Aos 42, Michel Bastos encontrou Mateus Gonçalves na entrada da área e o atacante completou para o fundo do gol, garantindo a vitória de virada.