Luta por ponta e busca de reabilitação na Segundinha

Na Colina, Cliper e CDC Manicoré, que venceram na abertura do Estadual, se confrontam para assumir a liderança isolada, enquanto o Tufão pega o estreante Tarumã para tentar a primeira vitória

Thiago Fernando/vencer@diarioam.com.br

Manaus – Após a abertura da Serie B do Campeonato Amazonense ser marcada por surpresas e placares magros, o destino reservou que os líderes da competição se enfrentem logo na segunda rodada. Às 16h, Cliper e CDC Manicoré brigam no Estádio Ismael Benigno (Colina), no bairro do São Raimundo, zona oeste de Manaus.

Técnico Sidney Bento mudou escalação do São Raimundo após derrota (Foto:Antônio Assis/FAF)

O vencedor do duelo terminará na primeira colocação na tabela da Segundinha. Mais tarde, às 18h, o São Raimundo tenta se recuperar contra o Tarumã, que folgou na primeira rodada e faz sua estreia na divisão de acesso.

E quem compareceu à Colina, na abertura da Série B, imaginou que Holanda e São Raimundo, até então, favoritos na primeira rodada, saíssem de campo com os três pontos. Mas as equipes que foram rebaixadas na última edição da Primeirona do Amazonense foram surpreendidas.

Não tendo nada a ver com os problemas dos adversários, Cliper e CDC deram o primeiro passo para avançar de fase na Segundinha. Logo mais, quem vencer vai despontar na liderança após o término da rodada e já colocar um pé na semifinal da curta competição, que garante aos dois primeiros vagas na elite do Amazonense de 2018.

Depois das expectativas frustradas na estreia, o São Raimundo tenta se reabilitar contra o Tarumã. Na última semana, o técnico Sidney Bento testou mudanças na equipe titular que começou o duelo contra o CDC. Apagados, Cassiano e Railson deram lugar para Thiaguinho e Branco, ídolo da torcida Alviceleste.

E apesar de bastante criticado na saída de campo, o atacante Charles segue no ataque do Tricampeão do Norte. Fazendo sua estreia na Série B, o Tarumã entrará em campo na busca por um contra-ataque para vencer o Tufão.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES