Bicampeão mundial de jiu-jítsu Thiago Reinaldo representa o AM nos EUA

Em busca de somar pontos e obter melhor pontuação no ranking internacional, o atleta representa a arte suave baré e brasileira, na tarde deste domingo

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O faixa preta de jiu-jítsu amazonense Thiago Reinaldo volta aos embates pelo Washington D.C. Summer International Open de Jiu-Jitsu Championship IBJJF 2018. Em busca de somar pontos e obter melhor pontuação possível no ranking da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation official (IBJJF), o atleta representa a arte suave baré e brasileira, na tarde deste domingo (9), no Prince George`s Sport & Learning Complex, no Estado de Maryland, na costa-Leste dos Estados Unidos.

Bicampeão mundial de jiu-jítsu Thiago Reinaldo representa AM nos EUA (Foto: Divulgação)

“Preciso somar pontos para o ranking internacional, pois no ano passado sofri com lesões e disputei poucas competições oficiais. Acredito no meu potencial e na necessidade de garantir o passaporte para outros campeonatos”, explicou Thiago, após o último trabalho preparatório da semana.

Não falta ‘fome’ por medalhas ao bicampeão mundial e ex-morador do bairro de Aparecida, na zona sul de Manaus. Hoje, independente financeiramente e morando em solos norte-americanos desde 2015, o lutador tentará a sorte nas categorias Pesadíssimo e Absoluto, e ele garantiu que não poupará suas energias, em buscas de seus golpes e finalizações cruciais.

“Como qualquer outra competição da IBJJF, os lutadores sempre estão bem preparados. Tem um certo nível de dificuldade nessa competição de Washington. Troquei a Califórnia pela Virgínia e estou conhecendo melhor os lutadores dessa região. Mas vou para cima deles e tentar dar o meu melhor pelas cores do Amazonas”, disse o lutador baré, ligado à Academia Gracie Barra e também professor renomado de jiu-jítsu nos EUA.

Bicampeão mundial na arte suave, dominador de um mata-leão e de uma chave de braço excepcional, o casca-grossa baré acredita em lugar no pódio. “Venho treinando diariamente e o suficiente para vencer. Não estou 100% fisicamente, mas acredito que posso chegar entre os primeiros”, encerrou Reinaldo.