São Paulo vê disputa de Palmeiras e mais dois por Richarlyson

O time alviverde ainda não fez uma proposta, mas detalhou o tamanho do seu interesse.

São Paulo – Antes mesmo de Richarlyson ficar sem contrato – dia 20 de dezembro o – já há uma disputa intensa para contratá-lo. A concorrência é pesada para tirá-lo do São Paulo, que ainda tenta segurá-lo no Morumbi.

O Palmeiras entrou na disputa recentemente. O técnico Luiz Felipe Scolari pediu sua contratação. Os dois se encontraram por acaso em um restaurante e pouco tempo depois Galeano, supervisor de futebol do clube, ligou para Júlio Fressato, o empresário do são-paulino.

O time alviverde ainda não fez uma proposta, mas detalhou o tamanho do seu interesse. O episódio ocorrido em 2005, quando Richarlyson chegou a fazer exames médicos no Palmeiras pela manhã e assinou com o São Paulo à tarde já teria sido esquecido

A dúvida está na aceitação do torcedor palmeirense em relação ao são-paulino. Isso terá um peso importante na decisão de Richarlyson, que já recebeu duas ofertas concretas para trocar de clube.

O Fluminense está em vantagem. A proposta feita pelos cariocas balançou o volante. Além de financeiramente ser muito superior ao que Richarlyson recebe no São Paulo, ele trabalharia novamente com o técnico Muricy Ramalho.

A outra oferta também chegou do futebol carioca. Dirigentes do Botafogo tiveram uma reunião com o empresário do volante semana passada no Rio de Janeiro.

Juvenal na espera

O São Paulo acompanha todo o processo e não desistiu de renovar o vínculo de Richarlyson. O presidente Juvenal Juvêncio conversou recentemente com o seu empresário. Ele não apresentou nenhuma proposta, mas manifestou o interesse de conversar assim que terminar o Campeonato Brasileiro.

Desde 2005 no São Paulo, Richarlyson, que também tem sondagens de clubes do exterior, não vai tomar uma decisão sem antes comunicá-la a Juvenal. Mas o mais provável é que o jogador deixe o time tricolor quando a temporada acabar.