Timão demite Jair Ventura e espera por Carille

A troca de comando no Corinthians já era esperada. Clube pagará multa para trazer de volta técnico do futebol árabe

Agência Estado / redacao@diarioam.com.br

São Paulo – O Corinthians deu início, nesta segunda-feira (3), ao processo de reformulação do time para 2019. A primeira medida, conforme vinha se desenhando nas últimas semanas, foi a demissão do técnico Jair Ventura. O substituto será Fábio Carille.

A diretoria deve oficializar, nesta terça-feira (4), o retorno do treinador que levou a equipe ao bicampeonato paulista (2017 e 2018) e ao título do Brasileiro do ano passado. Só não o fez ainda porque falta pagar ao Al-Wehda, da Arábia Saudita, a rescisão contratual de US$ 700 mil (cerca de R$ 2,5 milhões).

Carille deixou o Corinthians em maio e assinou por duas temporadas com o clube árabe. Ele ainda não explicou o motivo de romper com o Al-Wehda. Nos bastidores, se comenta que se decepcionou com os dirigentes, que não cumpriram a promessa de montar um elenco forte.

Ele retornará com a missão de fazer a equipe paulista voltar a brigar na parte de cima da tabela. Jair Ventura deixou o time com retrospecto de rebaixado, com aproveitamento de 31,6% dos pontos. Em 19 jogos, foram apenas quatro vitórias, com seis empates e nove derrotas. Pegou o time em oitavo no Brasileirão e o entregou em 13º.

Apesar dos péssimos números e de toda a trama nos bastidores para o tirar do cargo, Jair, por meio de sua assessoria, agradeceu ao presidente Andrés Sanchez ao se despedir, ontem. “Jamais faltou dedicação, vontade e empenho da parte de ninguém”, justificou o agora ex-técnico do Timão.

Como técnico do Corinthians, Fábio Carille levou o time paulista ao título da Série A, em 2017, e ao bi no Estadual deste ano (Foto: Daniel Augusto Jr. /Corinthians)