Ancine anuncia investimento em 23 novos projetos de longa-metragem

O documentário 'Um Cinema, uma vida - Amazônia meio século depois' do Amazonas foi um dos selecionados

Agência Brasil / redacao@diarioam.com.br

São Paulo – Vinte e três projetos de longa-metragem foram contemplados pela chamada pública Prodecine 05, quarta edição da linha de investimento do Programa Brasil de Todas as Telas, da Agência Nacional do Cinema (Ancine). O resultado final da seleção, que investe em projetos de linguagem inovadora e relevância artística, foi divulgado pela agência e pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Os 23 projetos selecionados dividirão R$ 30 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). São 12 filmes de ficção e 11 documentários, que serão realizados por produtoras independentes sediadas em nove estados (Amazonas, Bahia, Goiás, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo) e no Distrito Federal

De acordo com a presidente em exercício da Ancine, Debora Ivanov, “o edital tem trazido muito orgulho ao cinema nacional, revelando talentos e construindo obras que têm se destacado em festivais no Brasil e em inúmeros países”. A lista completa dos contemplados está disponível no site www.ancine.gov.br.

A comissão de seleção foi composta pelo cineasta Eryk Rocha, pela jornalista especializada em cinema Clarissa Kuschnir, e por três servidores da Ancine. A chamada pública recebeu um total de 343 inscrições no sistema, sendo que 302 propostas foram habilitadas. Nas três primeiras edições, 55 longas-metragens foram contemplados.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES