Concurso da DPE tem 32 mil para 15 vagas

Este é o primeiro concurso do quadro suplementar realizado pela instituição e ocorrerá neste domingo em Manaus e nos cinco municípios do interior onde a Defensoria terá unidades polo

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O concurso da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), que ocorre neste domingo, tem forte concorrência, com 32,2 mil candidatos concorrendo a 15 vagas de nível Médio para a capital. Ao todo são 46.249 inscritos no primeiro concurso para servidores do quadro suplementar realizado pela instituição e ocorrerá simultaneamente em Manaus e nos cinco municípios do interior onde a DPE-AM terá unidades polo.

O concurso está sendo organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). (Foto: Nathalie Brasil/Arquivo)

 

O concurso está sendo organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC), sob o acompanhamento da DPE-AM. Os candidatos estão distribuídos em 20 locais de provas, sendo seis em Manaus e 14 no interior. Estão sendo ofertadas vagas em cargos de nível Médio e Superior, na capital e no interior, com salários que variam de R$ 3,4 mil a R$ 6 mil.

No período da manhã, o horário de apresentação será às 8h (horário local) e o fechamento dos portões será às 8h30. No período da tarde, o horário de apresentação será às 13h30 (horário local) e o fechamento dos portões será às 14h, segundo o edital.

Em Manaus, onde há 42.648 inscritos, as provas serão aplicadas no Colégio La Salle; Universidade Nilton Lins; Faculdade Martha Falcão; Centro Universitário Luterano de Manaus (Ulbra); Centro Universitário do Norte (UniNorte); e Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro). Os cincos municípios onde o concurso também será realizado são Itacoatiara, Tefé, Parintins, Tabatinga e Humaitá. Humaitá foi o município com maior número de inscritos, depois de Manaus, sendo 1.224, seguido de Itacoatiara, com 733 candidatos, Parintins, com 674, Tabatinga, com 546, e Tefé, com 424 candidatos.