Em Manaus, ‘Hora do Mamaço’ reúne famílias no Largo São Sebastião

A mobilização foi organizada pelo Grupo Roda de Mães Manauaras

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

A mobilização aconteceu no final da tarde deste sábado (Foto: Divulgação)

Manaus – Neste ano, a tradicional mobilização em que mães amamentam os bebês em local público, em Manaus, contou com a presença dos pais como protagonistas do ato de amor e carinho. A ‘Hora do Mamaço’ reuniu dezenas de famílias no Largo São Sebastião, no Centro, no final da tarde deste sábado (5), em prol da sensibilização da sociedade sobre a importância do aleitamento materno.

“A ‘Hora do Mamaço’ e todas as atividades do Agosto Dourado são ações muito significativas para toda a população”, disse o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, durante o evento.

Motivo de orgulho para a capital, a amamentação exclusiva no peito foi um dos principais tópicos do encontro. “O índice de amamentação exclusiva das crianças manauaras está acima da média nacional, chegando a 53%, enquanto, no País, a média é de 41%. A estatística é reflexo de todo o trabalho que a Prefeitura de Manaus, com a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, realiza na rotina das unidades de saúde, informando, estimulando e conscientizando as mães, os pais e as comunidades para a importância do aleitamento materno nessa fase da vida”, comemorou Magaldi.

A mobilização foi organizada pelo Grupo Roda de Mães Manauaras. Alessandrine Silva, fundadora do grupo, conta que o mamaço é desenvolvido na cidade desde 2012 e ressaltou a necessidade de incentivo à mudança de conceitos e comportamentos na sociedade.

“Hoje, nós temos muitos desafios, entre eles a falta de apoio e reconhecimento da sociedade de que a amamentação é fundamental para a saúde das crianças. Com esse evento, convidamos a mídia, o poder público e as pessoas em geral para apoiar e motivar essas mães. Aqui mesmo nós presenciamos mulheres que antes não amamentavam e que agora, com o nosso apoio e da comunidade no diálogo e informação, conseguem dar o peito para suas crianças”, disse.

O casal Valter César, 40, e Flaviane Coelho, 33, são pais da Bruna Sofia, de apenas 2 meses, e participaram do evento. “Temos visto na TV várias campanhas sobre amamentação, então porque não apoiar? Bruna Sofia é minha primeira filha e participar desse momento é de suma importância. Acredito que esse leite valioso vai influenciar na qualidade de vida dela, por isso, apoio e incentivo o ato de carinho e de amor, e eu vou acompanhar e participar do crescimento dela”, assegurou Valter César.

Agosto Dourado

A ‘Hora do Mamaço’ faz parte da programação do Agosto Dourado, iniciativa da Prefeitura de Manaus, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). No decorrer do mês há atividades em todas as unidades de saúde, além de maternidades e creches, com rodas de conversas com as mães e família. Todas as semanas também serão realizadas edições setoriais do Festival do Bebê Manauara, desenvolvidos por cada distrito de saúde.

“A cor dourada simboliza o ouro, tamanho o valor que o leite representa para o bebê, pois atualmente apenas trabalhando o aleitamento materno ele reduz em 13% a mortalidade infantil. Esse momento é muito importante para sensibilizar a população da relevância do leite da mãe para o seu bebê, desde o vínculo afetivo mãe e filho que se forma no contato pele a pele durante a amamentação, no valor emocional e, ainda, com o valor nutricional, pois o leite materno tem todos os nutrientes – proteínas, vitaminas, açúcar, gordura e água – necessários para o bom desenvolvimento e crescimento da criança”, enfatiza Ivone Amazonas, chefe do Núcleo de Saúde da Criança e do Adolescente da Semsa.

O pai foi inserido na temática deste ano, em reconhecimento ao protagonismo necessário para o bom desenvolvimento dos filhos. Por isso, eles também serão alvo das atividades, como explica a chefe do Núcleo de Saúde do Homem, Eliny Rocha.

“Um eixo da política de saúde do homem é a paternidade e os cuidados com a criança, desenvolvido especialmente durante o mês do Agosto Dourado. O nascimento de um filho é um momento ápice para os dois, pai e mãe, pois ambos precisam desse suporte dos serviços de saúde. Os pais participarão de rodas de conversa que falem da importância da paternidade, oferta de exames, consultas, testagens e outros que forem necessários para que se conscientize do importante papel que o espera”, explicou Eliny.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES