Carnaval sem ressaca: dicas para curar o ‘porre’

A nutricionista Ana Margarida afirma que, antes de começar a ingerir bebidas alcoólicas, é importante estar bem alimentado. E durante um drinque e outro é importante consumir água mineral ou água de coco

Stephane Simões / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Vai curtir a folia do Carnaval e quer saber como curar a ressaca do dia seguinte? A nutricionista Ana Margarida orienta e dá dicas do que deve ser consumido, antes, durante e depois de ingerir bebidas alcoólicas. Alimentar-se bem e tomar bastante água são as principais dicas.

A nutricionista afirma que, antes de começar a ingerir bebidas alcoólicas, é importante estar bem alimentado. Alimentos a base de proteínas, como carne, peixes e frangos são os mais indicados.

“Não pode beber com estômago vazio. Pelo alto teor de proteína que esses alimentos possuem, eles contêm aminoácidos que protegem a mucosa do intestino dos compostos nocivos da bebida”, complementa Ana Margarida.

Durante um drinque e outro é importante consumir água mineral ou água de coco (Foto: Divulgação)

Além de estar bem alimentado, é necessário manter-se hidratado. A profissional orienta sobre a importância de tomar água antes e durante a ingestão do álcool.

“É necessário manter o corpo bem hidratado, porque o álcool faz com que o corpo desidrate. Entre um drinque e outro é importante consumir água mineral ou água de coco”, indica a nutricionista.

Sobre tomar medicamentos para evitar ou curar a ressaca, a nutricionista explica que o mais indicado é manter os hábitos alimentares seguindo as orientações indicadas acima.

“Se alimentar bem é muito melhor que tomar esses medicamentos, pois acaba viciando, também. Fazer um lanche, ingerir uma proteína, intercalar com água, tudo isso é importante e são os hábitos que devem ser adotados”, afirma a especialista.

Segundo a nutricionista, as bebidas destiladas são as que mais causam ressaca no dia seguinte. As bebidas a base de álcool puro, como vodca e gin, são metabolizadas mais facilmente e forma o acetaldeído, que agride as mucosas intestinais, o que provoca a desidratação e dor de cabeça.

No caso das bebidas fermentadas, como a cerveja, ela causa uma ressaca mais leve, pois contém mais água em sua composição. Porém, se consumida em grande quantidade, a ressaca pode ser maior.

Curando a ressaca

No dia seguinte, para curar a ressaca, a nutricionista acrescenta que a boa alimentação também é o mais indicado. Consumir alimentos saudáveis, como frutas, além de chás, água de coco e água com limão, ajuda a fazer um ‘detox’.

“Uma dica importante é inserir nos alimentos uma colher de azeite, pois é fonte de gordura boa. Evite o café, alimentos gordurosos, frituras, refrigerantes, e priorize alimentos naturais”, sugere a nutricionista.