‘Planeta dos Macacos: A Guerra’ bate ‘Homem-Aranha’ nas bilheterias norte-americanas

Filme, que conta a história da guerra entre macacos e humanos, é dirigida por Matt Reeves, que entrou na franquia a partir de 'A Origem'

Estadão Conteúdo / redacao@diarioam.com.br

Los Angeles – Planeta dos Macacos: A Guerra é oficialmente o filme campeão das bilheterias norte-americanas e canadenses, em um fim de semana que merece uma análise mais cuidadosa.

O mais recente filme da série dos macacos, produção da Fox e da Chernin Entertainment, ficou abaixo das projeções e arrecadou 56,5 milhões de dólares em 4.022 salas de cinema. A expectativa no começo da semana passada é que abocanhasse de 60 a 65 milhões, mas acabou se limitando a repetir o feito de Planeta dos Macacos: A Origem, de 2011, que foi o primeiro filme da trilogia e arrecadou 54,8 milhões de dólares no fim de semana de estreia.

Cena do filme ‘Planeta dos Macacos: a Guerra’ Foto: Divulgação/Fox)

Planeta dos Macacos: O Confronto, segundo filme da trilogia, fez mais sucesso, com 72,6 milhões de dólares em ingressos no primeiro fim de semana em cartaz, ocasião em que chegou às salas de cinema quase que simultaneamente a Transformers: A Era da Extinção.

No entanto, A Guerra se destaca diante dos concorrentes de grande orçamento nas críticas positivas –o filme tem 94 por cento de aprovação no site Rotten Tomatoes.

O filme, que conta a história da guerra entre macacos e humanos, é dirigida por Matt Reeves, que entrou na franquia a partir de A Origem.

Muito se foi comentado sobre novidades tecnológicas que permitiram deixar o personagem Caesar, o macaco principal, interpretado por Andy Serkis, ainda mais realista.

Woody Harrelson, humano, é o vilão, enquanto Steve Zahn, um chimpanzé, oferece momentos cômicos à história.

“Em primeiro lugar, o filme chegou exatamente onde esperávamos”, disse o chefe de distribuição da Fox Chris Aronson, que lembrou que nas próximas semanas não haverá grandes lançamentos cinematográficos, o que pode significar mais tempo do filme dos macacos em cartaz e com boa bilheteria. “Nós vamos aproveitar por mais algum tempo”, disse ele.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar, por outro lado, entra em sua segunda semana de cartaz com 45,2 milhões de dólares arrecadados em bilheteria. É uma queda de 61 por cento em relação ao fim de semana de abertura, muito maior do que a Sony provavelmente projetou.

Dito isso, a arrecadação total do filme nos EUA e Canadá em dois fins de semana (208,3 milhões de dólares ao todo) já é maior do que toda a bilheteria de O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (2014).

De volta ao lar é sucesso de público e crítica (93 por cento no Rotten Tomatoes e nota A no CinemaScore) e dominou os assuntos em redes sociais durante semanas até a estreia.

Assista ao trailer: