A primeira grande comédia de 2018

Filme acerta ao unir os humores politicamente incorreto e ‘de constrangimento’, como poucos de seus contemporâneos. Destaque fica para o retorno de Rachel McAdams ao gênero

Gabriel Machado / plus@diarioam.com.br

Manaus – A mistura dos humores politicamente incorreto e ‘de constrangimento’ tem se tornado uma fórmula de sucesso, em Hollywood. No entanto, assim como vários modelos de outrora, esta receita vem, aos poucos, perdendo a sua garantia de retorno comercial — prova disso são as recentes ‘bombas’ ‘A Casa Caiu: Um Cassino na Vizinhança’ (2017) e ‘Vizinhos Nada Secretos’ (2016), para citar algumas.

Produção é comandada pela dupla John Francis Daley e Jonathan Goldstein (‘Férias Frustradas’) (Foto: Divulgação)

Neste cenário, ‘A Noite do Jogo’ — grande estreia nos cinemas, em Manaus — surge como um grito de esperança ao gênero. Comandada pela dupla John Francis Daley e Jonathan Goldstein (‘Férias Frustradas’), a produção é, sem dúvida, a primeira grande comédia de 2018.

Na trama, Max (Jason Bateman) e Annie (Rachel McAdams, como há muito tempo não se via) participam de um grupo de casais que organiza noites de jogos. O irmão de Max, Brooks (Kyle Chandler), chega decidido a organizar uma festa de assassinato e mistério e acaba sequestrado, levando todos a acreditarem que o sumiço faz parte da misteriosa brincadeira. Os seis amigos competitivos precisam, então, resolver o caso para vencer o jogo, cujo rumo vai se tornando cada vez mais inesperado.

Em um primeiro instante, o filme parece seguir pelo mesmo desastroso caminho de produções semelhantes. Isto dura, aproximadamente, cinco minutos. A partir do primeiro contato dos protagonistas com o solitário e estranho policial Gary (Jesse Plemons), o longa ‘pisa no acelerador’ e, simplesmente, não para mais. Com um roteiro surpreendente, assinado por Mark Perez (‘Aprovados’), a narrativa leva o espectador a situações e lugares bizarros e inimagináveis que, facilmente, são convertidos em risadas.

Outro trunfo de ‘A Noite do Jogo’ é, sem dúvidas, o seu elenco. Afastada do gênero desde ‘Penetras Bons de Bico’ (2005), Rachel McAdams rouba a cena por completo — sagrando-se, definitivamente, uma das atrizes mais completas e talentosas da sua geração.

Com um carisma menor que o de seu par romântico, Jason Bateman faz, também, um bom trabalho, mas acaba ofuscado pelo elenco de apoio da produção, composto por Chandler, Plemons, Sharon Horgan, Billy Magnussen, Lamorne Morris e Kylie Bunbury.

Cheio de surpresas e boas risadas, ‘A Noite do Jogo’ é aposta certa para conferir nos cinemas, além de elevar o nível para as comédias que estão por vir, como ‘Sexy por Acidente’, com Amy Schumer, e ‘Alma da Festa’, com Melissa McCarthy — ambas com previsão de estreia para o segundo semestre, no Brasil.