Tecnologia: redes sociais na mira do público maduro

Incentivados pelos filhos e amigos, usuários na faixa de 50 a 65 anos veem apps como forma de consolidar relacionamentos mais objetivos

Da Redação / plus@diarioam.com.br

Manaus – O grupo de usuários na faixa entre 50 e 65 anos é o que mais vem crescendo nos aplicativos de relacionamento. Quase 40% das pessoas maduras — solteiras, divorciadas ou viúvas — recorrem à tecnologia na hora de buscar um novo amor. Incentivados pelos filhos e amigos, investem nas redes sociais e aplicativos especializados.

Trata-se de uma espécie de antídoto para a depressão, segundo professores da Universidade de Michigan (EUA), já que facilitam a comunicação entre pessoas de todos os lugares, a qualquer momento. Até mesmo uma significativa melhoria na qualidade de vida é observada quando há uma vida social intensa e a ampliação da rede de contatos.

Até uma significativa melhoria na qualidade de vida é observada com a ampliação da rede de contatos. (Foto: Pixabay)

Quanto maior a idade, mais a pessoa tende a se tornar prática e objetiva ao fazer suas escolhas amorosas. Não é só a emoção que domina a relação. Além de conquistar uma companhia, o grupo daqueles que estão acima dos 50 está mais voltado para os interesses comuns e objetivos similares.

Com os sites de relacionamento cada vez mais populares e segmentados, há uma infinidade de opções que facilitam o encontro da pessoa adequada — seja para um compromisso sério ou uma companhia para diversão. É fato que os usuários buscam satisfação independentemente da idade. Após os 50, mais realizadas, essas pessoas acreditam estar iniciando um novo ciclo que pode ser o mais feliz de suas vidas.

Alternativa

Uma das plataformas segmentadas é o Meu Patrocínio. A proposta do site é promover o relacionamento ‘sugar’, facilitando a aproximação de homens e mulheres bem-sucedidos, os ‘sugar daddies’ e as ‘sugar mommies’ — provedores da relação —, a jovens, os ‘sugar babies’, à procura de alguém que os apoie nos estudos e carreira, fornecendo estrutura emocional e financeira.

Jennifer Lobo, fundadora e CEO da plataforma, afirma que “o diferencial das relações ‘sugar’ está baseado em relacionamentos com expectativas alinhadas, de uma maneira transparente e honesta, com acordos pré-estabelecidos, exatamente da forma como as pessoas maduras desejam”.