Fetam divulga lista dos espetáculos selecionados para festival de teatro

A comissão de seleção foi formada pelas atrizes Lucélia Santos (RJ), Juliana Galdino (SP) e Narda Teles (AM) e a avaliação dos trabalhos foi feita entre os dias 1º e 2 de dezembro, em Manaus

Com informações da Assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Federação de Teatro do Amazonas (Fetam) divulgou, na manhã desta segunda-feira (3), a lista dos espetáculos selecionados para compor a programação do 13º Festival de Teatro da Amazônia (FTA). Dos 41 projetos inscritos, 21 foram contemplados pela curadoria. A comissão de seleção foi formada pelas atrizes Lucélia Santos (RJ), Juliana Galdino (SP) e Narda Teles (AM) e a avaliação dos trabalhos foi feita entre os dias 1º e 2 de dezembro, em Manaus.

“Recebemos inscrições de vários estados brasileiros. Isso mostra a força e o reconhecimento do evento no calendário nacional das artes cênicas brasileiras. Teremos, nesta edição, espetáculos que contemplam diversos gêneros e estilos artísticos”, pontua Douglas Rodrigues, presidente da Fetam.

Espetáculo ‘Recriando Mitos Tikuna’, da Cia. Rã Qi Ri (AM) (Foto: Divulgação)

Convidado

A abertura do festival acontecerá no dia 13 de dezembro, às 20h, no Teatro Amazonas, com a apresentação do espetáculo convidado ‘A Ira de Narciso’, do Rio de Janeiro. Seguindo a linha de autoficção de Sergio Blanco, a montagem é um monólogo que relata a estadia do autor na cidade de Ljubljana, na Eslovênia, onde dará uma palestra sobre o Mito de Narciso.

Tendo como ambientação a suíte 228 do hotel, o texto apresenta os preparativos desta conferência, os diferentes encontros que o autor tem em seu quarto com um jovem esloveno e a descoberta de uma mancha de sangue no carpete – que lentamente revelará os detalhes macabros de um crime.

Alternando sutilmente narração, palestra e confissão, a ‘Ira de Narciso’ conduz o espectador em um labirinto do eu mesmo, da linguagem e do tempo”, explica o ator carioca Gilberto Gawronski. O FTA seguirá até o dia 17 de dezembro, com entrada gratuita para todas as sessões do evento.

Lista dos espetáculos selecionados

Infanto-juvenil

‘A Excêntrica Família de Clowns’, da Cia. Língua de Trapo (AM);

‘A Planta da Cura’, de Andréa Maddy (AM);

‘Bumboso – A História de um Boizinho Festeiro’, da Cia. de Atores Escalafobéticos (AM);

‘Interditado’, do Grupo Baião de Dois (AM);

‘O Rapto das Cebolinhas’, da Cia. Apareceu A Margarida (AM);

‘Pedra no Sapato’, de Felipe Abreu (CE);

‘Tropeço’, da Tato Criação Cênica (PR).

– Adulto

‘A Casa das Meninas Mortas’, da Cia. Arte e Movimento Zona Cultura (AM);

‘Deus Lhe Dê em Dobro’, da Dragão 7 (SP);

‘Quem Casa Quer Casa’, da Associação Art&Brasil (AM);

“Marília Gabriela Não Vai Mais Morrer Sozinha’, do Coletivo UTC – 4 (AM);

‘O Lá – Sobreviver em Quadrados’, do Núcleo Experimental em Movimento (DF);

‘O Mendigo e o Cão Morto’, de Ismael Farias (AM);

‘Recriando Mitos Tikuna’, da Cia. Rã Qi Ri (AM);

Suplente | ‘Minha mãe se mata às 21h30’, de Paulo Queiroz (AM).

– Mostra Paralela (Teatralidades)

‘Caminhão a Galope’, da Panorando Produções (AM);

‘Contos: O Casamento da Filha do Mapinguari’, de Acácia Mie (AM);

‘Clowntidiano’, da Cacompanhia de Artes Cênicas (AM);

‘1960 – Título Interino’, de Fábio Moura (AM).

Devido as vagas da Mostra Paralela não serem preenchidas, a curadoria desta 13° edição sugeriu os seguintes espetáculos para compor a programação:

‘Menino TK’, do Grupo Jurubebas (AM);

‘O Vestido de Lixo’, de Arnaldo Barreto (AM);

‘Recolon’, da Artrupe Produções (AM);

Suplente | ‘Abaporutação’, de Dimas Mendonça (AM).