.

Adele vai até prédio em chamas para confortar as vítimas do incêndio em Londres

Cantora britânica foi vista no local junto com seu marido Simon Konecki

Estadão Conteúdo / redacao@diarioam.com.br

Nas redes sociais, a atitude da cantora foi elogiada pelos fãs (Foto: Reprodução Twitter)

Londres – Adele visitou a área da torre Grenfell, em Londres, na última quarta-feira, 14, no momento em que o prédio estava em chamas. Ela teria ajudado a confortar as vítimas do acidente. A cantora britânica foi vista no local junto com seu marido Simon Konecki. Segundo testemunhas, ela conversava com as vítimas e em vários momentos não segurou a emoção e chorou.

Nas redes sociais, a atitude da cantora foi elogiada pelos fãs. O incêndio destruiu os 24 andares do prédio, que fica na região oeste de Londres, deixando dezenas de mortos e centenas de feridos. O fogo começou na madrugada de quarta-feira, pouco antes de 1h (21h no horário brasileiro).

A Polícia Metropolitana de Londres elevou nesta quinta-feira (15) para 17 o número de mortos no incêndio ocorrido em um edifício residencial na zona oeste da capital britânica e informou que dezenas de pessoas continuam desaparecidas. As informações são da agência de notícias EFE.

Em um pronunciamento à imprensa, o comandante Stuart Cundy indicou que o número de mortos pode aumentar. A tragédia aconteceu no edifício Grenfell, um imóvel de 24 andares e 120 apartamentos, onde viviam entre 400 e 600 pessoas. O Corpo de Bombeiros informou hoje que não espera encontrar mais ninguém com vida no interior do edifício.