Café Concerto inicia nova temporada com Heavy Quartet e convidados

Com entrada gratuita, projeto reúne músicos do Amazonas a partir deste domingo, no Centro Cultural Palácio da Justiça

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Apresentações musicais para toda a família, reunindo músicos de alto gabarito do Amazonas são características que fazem o sucesso do projeto Café Concerto, que volta a ser realizado neste domingo (20), às 11h, no Centro Cultural Palácio da Justiça, com o concerto Heavy Quartet e Convidados. Com entrada gratuita, o evento é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura.

O concerto vai reunir estilos diferentes, do rock’n roll ao erudito, numa grande brincadeira musical, apresentando composições feitas para o rock com arranjos para instrumentos de corda. O espetáculo foi idealizado por Elena Koynova, coordenadora do Núcleo de Música Erudita do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, regente da Orquestra Camerata Amazônica e violinista da Amazonas Filarmônica. No palco, ela toca ao lado dos alunos do Liceu: Wesley Ramon, ao violino; Edilson Viana, na viola; e Karen Carvalho, no violoncelo.

O espetáculo será uma oportunidade curtir rock e música clássica na mesma apresentação (Foto: Divulgação)

Como convidado especial do evento, está o professor do curso de Violão do Liceu Claudio Santoro, Elias Ferreira, que também se apresenta na noite manauara com a Banda 00:00, tocando rock há oito anos.

“Esse concerto é bem entusiasmante. O rock pega muita inspiração na música clássica e isso é possível perceber em muitas bandas, desde a década de 1970, como as bandas Genesis, Yes. Posso citar também os guitarristas Steve Vai e Yngwie Malmsteen, que também têm influência erudita. Vai ser um evento importante para comemorar essa união”, ressalta Ferreira, que na apresentação, vai tocar com Elena Koynova e alunos as composições Fade to Black, da banda de rock Metallica, e Primavera, de Antonio Vivaldi.

O espetáculo será uma oportunidade curtir rock e música clássica na mesma apresentação, explorando o que há de melhor nas composições clássicas do italiano Vivaldi, o metal melódico de Guns N’ Roses, o heavy metal da banda Metallica, o rock da banda britânica Led Zeppelin e as composições do pianista russo Shostakovich. A proposta do espetáculo, afinal, é reunir públicos de todos os estilos pois, como afirma Koynova, “não há diferenças entre gêneros, e, sim, música boa ou música ruim”. Ela encerra com um convite para os fãs do primeiro gênero: “Esperamos todos os públicos para essa confraternização da música, com muita troca entre os amantes de cada estilo”.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES