Televisa ressuscitará novelas como ‘A Usurpadora’ e ‘Rubi’

Gaby Spanic, a eterna usurpadora, comemorou a iniciativa no Twitter oficial dela. "O romance que me consagrou como vilã", escreveu a atriz

Agência Estado / redacao@diarioam.com.br

São Paulo – Quando você pensa em novela mexicana, de qual se lembra? Há mais de três décadas, a emissora brasileira que mais reproduziu tramas do país latino foi o SBT. Novelas como ‘Os Ricos Também Choram’, ‘Rosa Selvagem’ e ‘A Usurpadora’ fizeram sucesso no canal de Silvio Santos. Talvez, por isso, os dramas mexicanos façam parte de nossa memória afetiva.

Agora, a Televisa decidiu selecionar pelo menos 12 novelas para transformá-las em séries de 25 episódios. A rede de TV chama o projeto de ‘Fábrica dos Sonhos’ e quer adaptar as histórias dramáticas para um formato próprio para streaming. A Televisa vai ressuscitar também ‘Rubi’, ‘A Madrasta’, ‘Coração Selvagem’ e ‘Privilégio de Amar’.

A protagonista de ‘A Usurpadora’, Gaby Spanic, comemorou a iniciativa no Twitter oficial dela. “O romance que me consagrou como vilã”, escreveu a atriz.

A atriz Gaby Spanic foi protagonista da novela ‘A Usurpadora’ (Foto: Divulgação)