• Publicado em 29 de setembro de 2010

    Decisão do STF sobre segundo documento ficou para esta quinta

    Segundo o ministro José Antônio Dias, a obrigatoriedade desrespeita um princípio da Constituição que estabelece o sufrágio universal, ou seja, a possibilidade de todos participarem do estado democrático de direito por meio do voto.