Presidência da ALE recebe demandas do setor comercial

O presidente da Casa, deputado Josué Neto, enfatizou que a Assembleia pode contribuir com o empresariado ouvindo as demandas, uma vez que entende a importância do Legislativo para o fomento do comércio

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Em reunião na Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), deputado Josué Neto (PSD), disse que não existe outra forma de melhorar a vida da população além da geração de empregos, e que pelo menos 90% desses postos de trabalho são ofertados pela iniciativa privada.

O deputado enfatizou que a Assembleia pode contribuir com o empresariado ouvindo as demandas, uma vez que entende a importância do Legislativo para o fomento do comércio. Na reunião, os dirigentes e lojistas pediram ao presidente da ALE que a Casa fizesse uma revisão das leis que dificultam as atividades do comércio devido à burocracia. Josué Neto afirmou que a Assembleia vai atender ao pedido com levantamentos técnicos.

O deputado concordou em reduzir os entraves e destacou que vai atuar para que a Assembleia cumpra com sua função constitucional de oferecer garantias à iniciativa privada, a exemplo de consultar os comerciantes e demais empresários.

Dispensa

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) dispensou licitação no valor total de R$ 32 milhões para contratar duas empresas para fornecer almoço e lanche a alunos da rede estadual de ensino no interior.

Refeições

Segundo a Seduc, a medida é justificável para atender à situação emergencial e por serem empresas especializadas no fornecimento de refeições preparadas.

Independência

A direção do PR confirmou a ida dos deputados estaduais Joana D’Arc e Cabo Maciel para a vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa. Apesar da indicação, o presidente da legenda, Alfredo Nascimento, disse, em nota, que a posição oficial do partido é pela independência ao governo Wilson Lima.