Prefeitura lança campanha de multivacinação em Manaus

A ação será realizada até o dia 22 deste mês, nas 182 salas de vacinação das unidades da Semsa

Stephane Simões/ redacao@diarioam.com.br

Serão disponibilizadas 16 vacinas preconizadas no Calendário Nacional de Vacinação (Foto: Sandro Pereira)

Manaus – A Prefeitura de Manaus lançou, nesta segunda-feira (11), a Campanha Nacional de Multivacinação, para atualizar a Caderneta de Vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias). A ação será realizada até o dia 22 deste mês, nas 182 salas de vacinação das unidades da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A Prefeitura disponibilizará 16 vacinas preconizadas no Calendário Nacional de Vacinação.

“O foco esse ano será nas crianças e adolescentes, mas os adultos e idosos também podem comparecer às unidades, para realizar a atualização da caderneta de vacinação”, afirmou o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi.

No próximo sábado (16), será o ‘Dia D’, estabelecido pelo Ministério da Saúde como o dia de mobilização nacional, quando todas as unidades de saúde estarão abertas, das 8h às 12h, com 3 mil profissionais para atingir o objetivo da campanha.

No próximo sábado acontece o ‘Dia D’, estabelecido pelo Ministério da Saúde como o dia de mobilização nacional (Foto: Sandro Pereira)

A multivacinação é uma estratégia que o Programa Nacional de Imunização (PNI) adota com a finalidade de atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes com atraso em esquemas vacinais.

Um dos motivos da escolha dessa faixa etária é porque os adolescentes têm uma maior resistência a se vacinar e muitos pais acreditam que não há necessidade de imunizar os filhos. Como exemplo, a vacinação que previne o HPV e o câncer de colo do útero, recomendada para meninos e meninas a partir de nove anos de idade.

“São doenças como o HPV e o câncer de colo do útero que precisamos reduzir na nossa cidade. Estamos preparados para fazer todas as atualizações necessárias com vacinas suficientes para atender toda a população”, ressaltou o secretário municipal de saúde.