Bike motorizada movida à água é desenvolvida por alunos de Mecânica, em Manaus

O orientador do projeto explicou que o modelo, em teste, seria o único de Manaus com o intuito de auxiliar o deslocamento de pessoas em curtas e médias distâncias

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A primeira bicicleta motorizada movida à água acaba de ser desenvolvida por uma equipe de alunos do curso técnico de Mecânica da Fucapi. A inovação é chamada ‘Hidrobike’ e será uma das principais atrações da 14ª Feira Tecnológica da Fucapi, que será realizada nesta quinta e sexta-feira (9 e 10), no campus educacional da instituição, na Av. Danilo de Matos Areosa, 381, Distrito Industrial, das 9h às 21h, com entrada gratuita.

O evento, considerado tradicional e muito esperado pela comunidade, traz como tema ‘Matemática e suas soluções para o planeta’, alusivo à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

A inovação é chamada ‘Hidrobike’ (Foto: Divulgação/Fucapi)

O engenheiro mecatrônico e professor orientador do projeto, Moisés Levy, explicou que o modelo, em teste, seria o único de Manaus com o intuito de auxiliar o deslocamento de pessoas em curtas e médias distâncias.

“O motor é acionado somente quando o ciclista tem dificuldade de vencer obstáculos, como subidas, tão comuns em Manaus. No restante do percurso, apenas os pedais são suficientes para mover a bicicleta”, detalhou ele, destacando que o produto está alinhado aos conceitos de sustentabilidade e também visa economia para o usuário.

Segundo ele, o sistema foi projetado utilizando uma bicicleta comum como base, um motor 4 tempos resfriado por ar, e Kit H2O (hidrogênio) para célula de combustível do sistema. “Foram analisados principalmente as características e o custo de cada componente, para que o projeto tenha a melhor relação custo benefício, a fim de que seja viável o seu desenvolvimento”, explicou o professor.

O professor explicou que o desafio foi lançado e os alunos desenvolveram o trabalho em dois meses, com o patrocínio da Caloi que concedeu a bicicleta que será apresentada na Feira como protótipo. Levy disse ainda que o modelo pode ser perfeitamente industrializado futuramente.

Programação

A programação da 14ª edição da Feira Tecnológica conta com projetos voltados para a sustentabilidade, matemática, tecnologia, segurança entre outros.  Os projetos foram preparados em um período médio de 3 meses com a supervisão dos professores nas áreas. Ao todo, são 1.200 alunos envolvidos e distribuídos nas áreas técnicas de Automação, Mecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática, Refrigeração, Contabilidade e Qualidade.

“O tema, que acompanha a Semana Nacional da Tecnologia, tem nesta edição soluções econômicas para a indústria e sociedade, sempre buscando parceiras e investimentos para o desenvolvimento com as empresas locais”, informou a diretora da Escola Fucapi, Neila Buzaglo.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES