Ação de comissão da ALE combate trabalho infantil nos semáforos de Manaus

Fiscalização da Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças, Adolescentes e Jovens da Casa Legislativa ocorreu na tarde desta quarta-feira

Manaus – A Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças, Adolescentes e Jovens da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE) realizou, na tarde desta quarta-feira (4), uma ação para combater o trabalho infantil nos semáforos de Manaus.

De acordo com o presidente da Comissão, o deputado Álvaro Campelo, a ação tem o objetivo de retirar crianças e adolescentes das ruas, que pedem esmolas em ruas da capital.

(Foto: Divulgação)

“Nós recebemos denúncias de pais que alugam seus próprios filhos, por até R$ 50,00. É uma exploração nítida e lamentável. É por isso que pedimos para que as pessoas não dêem esmolas, eu sei que vem o sentimento fraterno, cristão, de querer ajudar, mas pode se ajudar de uma outra forma”, destacou Campelo

Para a desembargadora Joana Meirelles, coordenadora da infância e juventude do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), os números de crianças em situação de risco, aumentaram e o órgão prestou todo apoio à ação, para que as crianças e adolescentes recebessem ajuda necessária.

“Nós estamos aqui, enquanto rede de proteção, para apoiar o trabalho, não vai ser apenas a retirada das crianças, nós vamos trazer para a escola, fazer a triagem e identificar a problemática”, explicou a desembargadora.

(Foto: Divulgação)

A ação contou com o apoio do Juizado da Infância e da Juventude, da Secretaria de Ação Social, além do Conselho Tutelar da área.

Álvaro Campelo destaca ainda que as crianças precisam de educação, além do suporte técnico do estado e município. Após recolhidas, as crianças serão levadas à Escola Municipal Professor Paulo Graça, localizado na Rua Barão do Rio Branco, no bairro Parque das Laranjeiras, zona norte da capital, para que seja realizada a triagem.

Anúncio