Amazonas inclui uso da vacina Coronavac para crianças e adolescentes

Municípios devem usar estoque do imunizante já existente

Manaus – Atendendo a recomendação do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, o Amazonas, incluiu o uso de vacina Coronavac para imunização de crianças com idade de 6 a 17 anos.

(Foto: Divulgação)

Por meio de nota informativa, a Fundação de Vigilância em Saúde Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) orienta os gestores municipais de saúde, com base nas orientações do Ministério da Saúde, que a vacinação com Coronavac contra Covid-19, para crianças de 6 a 17 anos, deve ser realizada após intervalo de 15 dias após a aplicação de outras doses de vacinas do calendário infantil de rotina.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, adverte que a exceção da vacinação contra Covid-19 com Coronavac são crianças com 5 anos de idade e as crianças imunossuprimidas de qualquer idade. “Essas crianças devem ser vacinadas apenas com a vacina pediátrica da Pfizer. As demais crianças podem ser vacinadas com Coronavac atendendo recomendação do Ministério da Saúde”, afirma.

A nota informativa destaca que a vacinação é de início imediato a partir do estoque de doses já disponíveis nos municípios. “Os municípios dispõem de doses da Coronavac nos estoques. Pais e responsáveis de crianças de 6 a 17 anos têm o direito de buscar a aplicação dessas doses nos postos de vacinação para quem tem entre 6 e 17 anos”, acrescenta Tatyana.

A nota informativa também alerta que as equipes de saúde dos postos de saúde e hospitais infantis estejam atentas para atender e captar eventuais eventos adversos pós-vacinais. Quaisquer ocorrências médicas indesejadas, após o uso da vacinação, devem ser notificadas, pelos pais ou responsável da criança, à unidade de saúde mais próxima da residência da criança ou pelas equipes de saúde que atuam diretamente nas salas de vacinação ao Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (Crie).

Anúncio