Aplicativo: SOS Elas é lançado em defesa da mulher

Ferramenta foi lançada nesta segunda-feira (2), durante a abertura do ‘Março Mulher’, no Palácio da Justiça, Centro Histórico de Manaus

Manaus – Com objetivo de defender e apoiar a mulher, o aplicativo SOS Elas, idealizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AM) e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), foi lançado nesta segunda-feira (2), durante a abertura do ‘Março Mulher’, no Palácio da Justiça, Centro Histórico de Manaus.

O aplicativo, de acordo com a advogada Maria Gláucia Barbosa Soares, presidente da Comissão da Mulher da OAB/AM, irá auxiliar na defesa dos Direitos da Mulher. O SOS Elas foi desenvolvido pelo Instituto de Computação (Icomp) em parceria com o projeto Cunhantã Digital, e tem apoio das Comissões de Direito Digital, Startup e Inovação e da Mulher Advogada.

“Ele (aplicativo) já está disponível nas mídias digitais, e o acesso é simples, fácil e discreto. Em caso de pedido de socorro, a mulher terá o SOS Elas disponível não só no Amazonas, mas no Brasil inteiro. Esse é um evento grandioso e o Estado está de parabéns. Sempre na vanguarda, agora o Amazonas apresenta esse aplicativo de utilidade pública para que as mulheres possam utilizá-lo e ele se torne uma ferramenta de defesa”, destacou Soares.

Durante o lançamento, mais de 30 mulheres atuantes e que são destaques no Amazonas foram homenageadas. Dentre elas, a Dra. Lídia de Abreu Carvalho, juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (Tjam).

“São mulheres que têm a trajetória valorosa e foram agraciadas pela Comissão da Mulher Advogada e pela OAB/AM. Entre as homenageadas há desembargadoras, advogadas e juízas, como a Dra. Lídia Carvalho, primeira juíza a comandar a Vara de Entorpecentes no Amazonas”, ressaltou.

A programação do ‘Março Mulher’ celebra também a Comitiva Amazonas, formada por mais de 50 advogadas e advogados que irão participar da Conferência Nacional da Mulher Advogada, em Fortaleza (CE). “Nós temos diversas palestrantes, inclusive representantes do Amazonas”, comemorou a presidente da Comissão da Mulher da OAB/AM.

Anúncio