Após manutenção de emergências, bairros ficam sem água na capital

Por conta da interrupção, áreas dos bairros Adrianópolis e Aleixo, entre outros, apresentaram oscilação no abastecimento

Manaus – Após a concessionária Águas de Manaus informar que em virtude de manutenção de rede emergencial na Rua Belo Horizonte com Avenida Paraíba, o Sistema Mocó, na Praça Chile, zona centro-sul, foi parcialmente interrompido.

Por conta da interrupção, algumas áreas dos bairros Adrianópolis e Aleixo, Conjunto Bea/Ica Paraíba, Conjunto Celetra, Conjunto Adrianópolis, Conjunto Manauense apresentaram oscilações no abastecimento de água nesta segunda-feira (16).

“Antes a empresa avisava que ia faltar água e até informavam que era pra gente reservar água, mas hoje em dia, realizam manutenções e não avisam com antecedência”, disse uma moradora do bairro Aleixo, zona centro-sul.

Águas de Manaus culpou falta de água por manutenção emergencial (Foto: Águas de Manaus/Divulgação)

Por meio de nota disponível em seu site, a empresa informou que a previsão de normalização do serviço era a partir das 15h de segunda. A concessionária ressaltou ainda que qualquer ocorrência que necessitasse a intervenção da empresa deveria ser registrada nos canais oficiais de relacionamento com o cliente: SAC 0800-092-0195, Whatsapp 98264-0464, site ou aplicativo Águas APP.

O problema ocorre uma semana após a empresa informar que, por falta de energia elétrica, o Sistema Alvorada havia sido totalmente paralisado no começo da tarde do último dia 9.

Segundo a Águas de Manaus, naquela ocasião, a Amazonas Energia restabeleceu a energia elétrica no sistema por volta das 15h e o abastecimento ocorreria de forma gradativa.

Anúncio