Após paralisação, transporte público volta a circular nesta segunda-feira em Manaus

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Manaus, informou que a paralisação respeitou a decisão judicial, paralisando apenas 30% da frota

Manaus – Na manhã desta segunda-feira (21), os manauaras foram surpreendidos com a paralisação de 30% da frota de ônibus de quatro empresas do transporte público. Sindicato e representantes das empresárias já entraram em acordo e os ônibus já voltaram a sair das garagens

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Manaus, informou que a paralisação respeitou a decisão judicial, paralisando apenas 30% da frota.

Somente funcionários da empresas Via Verde, São Pedro, Açaí e Expresso Coroado aderiram a paralisação (Foto; divulgação)

De acordo com o residente exercício do sindicato, Josenildo Mossoró, a principal reivindicação dos trabalhadores, era que fosse pago a segunda parcela do decimo terceiro e o vale (adiantamento quinzenal).

“Com está pequena paralisação, que iniciou na madrugada e terminou agora 7h30, reivindicamos nossos direitos. Conseguimos um acordo com os empresários, que se comprometeram em pagar o adiantamento salarial, a partir das 14h de hoje e na quarta-feira (23), a segunda parcela do 13º”, disse.

Nota 

A Prefeitura de Manaus disse em nota que tem mantido o diálogo com ambas as categorias, patronal e de trabalhadores, a fim de intermediar um acordo entre as partes, uma vez que se trata de uma questão trabalhista.

O órgão municipal reforçou ainda que mantém um subsídio ao sistema, pago mensalmente em duas parcelas, inclusive com uma sendo paga na manhã desta segunda-feira (21). Neste momento, o transporte coletivo de Manaus circula normalmente, sem qualquer alteração.

Anúncio