Após perder sogra para Covid, psicóloga do AM faz campanha mundial em busca de oxigênio; veja vídeo

Profissional, que critica o governo pelo descaso, fez uma vaquinha virtual para arrecadar o insumo para as unidades hospitalares do estado

Manaus – Após perder a sogra, vítima da Covid-19 em Manaus, a psicóloga Thalita Rocha, 37, contou a situação de pessoas que morreram sem oxigênio e a situação dos hospitais, que estão superlotados durante o segundo pico da pandemia do novo coronavírus no estado. O vídeo foi publicado nesta quarta-feira (10) em uma página de jornalistas independentes com mais de quatro milhões de seguidores.

A psicóloga perdeu a sogra, por falta de oxigênio em um hospital da capital e deste então, decidiu ajudar as pessoas que estavam sofrendo pela falta do insumo.

“É cruel, é perverso, ver tanta gente precisando, clamando. Quando a minha sogra faleceu me veio um desejo ardentemente de fazer alguma coisa por aquelas pessoas que estavam lá no hospital, então eu usei a minha rede de contatos para começar, pedir ajuda para as pessoas e foi dando certo, fiz a vaquinha e pessoas de todo o Brasil doaram”, explicou a psicóloga.

A profissional relata que as cenas vistas marcaram a vida de muitas pessoas e que as famílias vão carregar essa memória por muito tempo. No vídeo, Thalita explica que o caos vivido pelo estado do Amazonas, pela falta de oxigênio, é responsabilidade dos governantes.

“Não tem como não responsabilizar os governantes, na minha leitura foram eles que deixaram chegar nessa condição, por falta de planejamento, por falta de inteligência de gestão”, destacou Thalita.

Assista ao vídeo: 

Anúncio