Arthur Neto acompanha início de obras de expansão de rede de água no Tarumã

De acordo com o prefeito de Manaus, a implantação do sistema deve beneficiar cerca de 20 mil moradores do Parque Solimões e do Portal do Tarumã

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Neto, acompanhou, na tarde desta terça-feira (9), o início das obras de expansão da rede de água que abastecerá as Comunidades Parque Solimões e Portal Tarumã, ambas localizadas no bairro Tarumã, zona oeste da capital. Ao todo, a obra deve beneficiar cerca de 20 mil pessoas, segundo Arthur Neto.

As novas redes serão criadas em parceria com a Manaus Ambiental, que está sob a gestão da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman). “A Manaus Ambiental, sob direção da Ageman, está fazendo investimentos muito sérios nessa parte da infraestrutura relativa ao abastecimento de água e rede de esgoto. Então, nós teremos cerca de 20 mil pessoas beneficiadas”, disse o prefeito, lembrando que, com isso, mais de 95% das residências da capital do Estado possuem rede de água encanada.

Na oportunidade, Arthur apresentou o mapa com todas as ruas que serão perfuradas e receberão as redes de abastecimento. “Será um trabalho minucioso e, dependendo das chuvas que estão por vir, essas obras irão durar cerca de seis meses ou em menos tempo, caso a chuva ‘puna’ menos Manaus. Agora, iniciamos um mutirão de limpeza, o asfaltamento de nove vias secundárias e três principais, no Parque Solimões 1 e, em breve, seguiremos para o Parque Solimões 2”, ressaltou.

De acordo com Sérgio Ramos Elias, que possui especialidade em saneamento ambiental e sanitário, a obra promete resolver a questão do abastecimento de água para milhares de pessoas. “Nós estamos lançando o projeto de abastecimento de água dessa área. Esta era uma promessa do prefeito e, hoje, é uma grata satisfação apresentarmos a ação que vai resolver de vez o abastecimento de água de milhares de pessoas que moram nessa região”, salientou.

Já o diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho, destacou que a expansão é o cumprimento de uma trajetória de planejamento estratégico para o abastecimento de água contínuo para a cidade. “Essa obra vai expandir uma área que estava isolada da adução constante da Ponta do Ismael e do Proama. A Manaus Ambiental aceitou o nosso desafio e as obras já começaram com o suporte da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf)”, disse.

O diretor-presidente da Manaus Ambiental, Renato Medicis, ressaltou a parceria com a prefeitura da cidade. “Buscamos diariamente ficar perto da população, seja por meio dos nossos projetos sociais ou dialogando com a agência reguladora e com a prefeitura. É uma satisfação antecipar investimentos, antecipar metas e cumprir com os desejos da sociedade. Quando temos uma demanda da prefeitura, não é da prefeitura, é da sociedade, da população. E a missão da Manaus Ambiental é levar água e esgotamento sanitário cada vez melhor e em mais lugares da cidade”, finalizou.

Anúncio