Árvores mortas são removidas pela prefeitura para substituição de espécimes

A perda dos espécimes foi decorrente de processo natural de desgaste

Manaus – A Prefeitura de Manaus realizou, na manhã deste domingo (26), a remoção de ipês mortos no canteiro central da Avenida Djalma Batista, zona centro-sul. A operação foi coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), com apoio da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu).

As 14 árvores removidas serão substituídas por mudas da mesma espécie (Foto: Divulgação/Semmas)

No total, foram removidas 14 árvores, que serão substituídas por mudas da mesma espécie. A perda dos espécimes foi decorrente de processo natural de desgaste e, em alguns pontos, por falta de profundidade para árvore de porte.

A ação tem caráter preventivo. “Vamos agendar uma ação noturna com replantio e adubação. Primeiro teremos que remover as raízes e avaliar se, em alguns pontos, em razão da profundidade reduzida, poderemos fazer o plantio de ornamentais”, afirmou o diretor de Arborização e Sustentabilidade da Semmas, Deyvson Braga.

Um desses trechos é o da ponte sobre o Igarapé do Mindu, nas proximidades do Parque Ponte dos Bilhares. O trabalho continuará no próximo final de semana com a finalidade de evitar transtornos para o trânsito. No total, o canteiro central da Djalma Batista possui 315 ipês brancos, que embelezam a paisagem, principalmente no período da floração, em setembro.

Anúncio
Anúncio