Jornalista é agredido e ameaçado durante reportagem em Itacoatiara, no AM; veja vídeo

A agressão ocorreu por parte de supostos assessores do prefeito Mário Abrahim

Manaus – O jornalista Leandro Marques, foi agredido na manhã desta quinta-feira(24), por supostos assessores do prefeito de Itacoatiara, Mário Abrahim (PSC), quando tentava realizar uma reportagem nas dependências Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) no município de Itacoatiara (a 176 quilômetros a leste de Manaus).

(Foto: Reprodução)

O profissional é correspondente da Rede Amazônica e teve o equipamento jogado ao chão, sendo expulso do local juntamente com o cinegrafista. A equipe estava no local para registrar uma aglomeração e tumulto durante a  distribuição do ‘auxílio enchente’ municipal à população quando foram agredidos.

O responsável pelas ameaças é Adevaldo Tavares Alves,  motorista do prefeito. As agressões foram registradas por um celular. O caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia de Itacoatiara.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas – SJP/AM, emitiu uma nota de repúdio que diz: “O Sindicato repudia por meio desta, a agressão e ameaça de morte realizada por assessores do prefeito Mário Abrahim contra o repórter Leandro Marques, correspondente da Rede Amazônica de Rádio e Televisão no município de Itacoatiara, no Amazonas.

A entidade que representa os jornalistas amazonenses destaca a importância do respeito que as autoridades públicas devem ter ao livre exercício profissional, bem como à liberdade do trabalho da imprensa para que a sociedade possa ser bem informada.

A direção do Sindicato solidariza-se com o repórter Leandro Marques, e coloca-se à disposição para acompanhar o desdobramento dos fatos na violência praticada contra o correspondente e ao jornalismo”, diz a nota.

O prefeito de Itacoatiara Mário Abrahim não se pronunciou sobre o caso.

Veja o vídeo:

Anúncio