Bares irregulares perturbam moradores de área residencial no Centro de Manaus

Tranquilidade da rua Jonhatas Pedrosa é interrompida por locais que funcionam com som alto, das 19h às 9h do dia seguinte

Manaus – Moradores da rua Jonhatas Pedrosa, no Centro de Manaus, na área do entorno dos Parques Jefferson Peres e Elza Simões, perderam o sossego. Quatro bares, dentre eles, o mais barulhento, ‘Bar  Beberrão’, que nos fins de semana costuma funcionar das 19h às 9h do dia seguinte, com som alto, mesas e cadeiras na calçada e no meio-fio. No local, outro carro-lanche também ocupa uma área de estacionamento público.

blank

(Foto: Divulgação)

Após denúncias e moradores, a Central Integrada de Fiscalização (CIF) realizou uma blitz na região onde foram encontradas várias irregularidades. O local teve caixa de som amplificada apreendida pelos agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), por não ter licença ambiental. Além disso, o bar foi multado e teve suas mesas e cadeiras recolhidas por estarem em logradouro público; e foi autuado após ser constatada a venda de alimentos e bebidas sem licença sanitária.

Quatro locais alvo dos órgãos de fiscalização, todos localizados na rua Jonathas Pedrosa, no Centro, tiveram o fornecimento de energia elétrica interrompido. Agentes da Amazonas Energia flagraram os estabelecimentos com ligações clandestinas a partir da rede de distribuição.

Mesmo após o lacre do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), o ‘Bar Beberrão’ voltou a funcionar ao ter o lacre rasgado.

blank

Revoltados, os moradores temem que nos próximos finais de semana, o som alto e a tranquilidade da rua residencial sejam perturbado novamente.

A ação do CIF foi coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), e as ações de fiscalização contam com a representação de órgãos estaduais e municipais.

Participaram ainda servidores da SSP-AM; das polícias Militar (PM-AM) e Civil (PC-AM); Corpo de Bombeiros (CBMAM); Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc); Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP); Juizado de Infância e Juventude Infracional (Jiji); Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb); Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas); Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu); Visa Manaus; e Amazonas Energia.

Veja vídeos da ação:

Anúncio