Bi Garcia nomeia fiscal do Caprichoso para presidir jurados do Festival de Parintins

O prefeito do município nomeou Harald Dinelly para a função. O boi Garantido ingressou com um pedido para a anulação da decisão

Manaus – Pelo segundo ano consecutivo, o prefeito de Parintins, Bi Garcia, nomeou um fiscal e ex-diretor do boi Caprichoso para presidir a comissão julgadora do Festival Folclórico de Parintins 2018. Harald Dinelly, sócio do boi azul e branco, deixou de ser fiscal do bumbá, no ano passado, quando foi nomeado coordenador-geral da comissão organizadora.

Harald tem poderes para administrar a escolha dos jurados do festival, realizar a manutenção do banco de dados e treinamento dos jurados para o evento, além de recomendar à Comissão Organizadora a disponibilidade do local que hospedará os jurados, em Paritnins, nos moldes do artigo 3º, do regulamento. O decreto 022/2018 é referente ao mês de maio.

A agremiação ingressou com pedido, protocolado no gabinete do prefeito Bi Garcia, para anular as nomeações de Harald com urgência. Além disso, a direção do bumbá vermelho prevê que, dada a proximidade do festival, há uma grande probabilidade de não se chegar a um consenso em torno do julgamento deste ano.

O Garantido enumerou ao prefeito uma série de atos praticados por Haraldy, no ano passado, que teria prejudicado o boi-bumbá vermelho. Em 2017, foram escolhidos dois jurados que, há dez anos, haviam dado vitória ao boi Caprichoso. No mesmo ano, houve mudança no regulamento e os ex-jurados foram convidados para julgar a festa. Apesar do formato escolhido, teria ocorrido, ainda, descumprimento por parte da própria comissão organizadora, a qual Harald comandava.

Além disso, alguns nomes dos jurados foram vazados dias antes do anúncio oficial, quebrando o regulamento. Também em 2017, antes de ser nomeado coordenador geral da comissão do festival, Dinelli fez várias postagens nas redes sociais ironizando a ‘galera’ do boi Garantido.

O Garantido também pede que o prefeito de Parintins anule a nomeação de Chico Cardoso como membro da comissão organizadora do festival. Chico é membro do Conselho de Artes do Caprichoso, e, em 2015, foi flagrado em gravações telefônicas com Armando do Valle, sobre suposta compra de jurados.

A reportagem tentou entrar em contato com o prefeito Bi Garcia, por meio do telefone (92) **-0609, mas não foi atendida. Até a publicação desta matéria, um posicionamento sobre o assunto ainda não havia sido obtido.

Anúncio