Biblioteca Municipal será reaberta ao público em abril, no Centro de Manaus

O prédio datado do início do século 20 é um sobrado de características arquitetônicas ecléticas e foi fechado para reforma em agosto de 2011. Obras de restauro estão com 80% de conclusão

Manaus – O restauro da Biblioteca Municipal João Bosco Evangelista chega a 85% da obra concluída e recebe os retoques finais para que, em abril, a Prefeitura de Manaus entregue para a população mais um histórico prédio do centro da capital.

“Este ano iremos consolidar o nosso projeto de resgate e reocupação do Centro Histórico de Manaus, com a entrega da biblioteca e outros importantes prédios que estão sendo restaurados. É um sonho que se realiza para mim e, certamente, para a população, porque faz parte da nossa história, da nossa identidade e do nosso orgulho”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Biblioteca está situada na esquina da Rua Monsenhor Coutinho (Foto: Divulgação/Semcom)

Situada na esquina da Rua Monsenhor Coutinho, a Biblioteca Municipal João Bosco Evangelista recebe serviços de acabamento, com pintura, finalização de instalações elétricas, de divisórias de vidros e de equipamentos lógicos, iluminação, climatização e montagem do café. O elevador será o último item a ficar pronto, internamente, mas quem passa pelos arredores do imóvel já pode apreciar a bela renovação de sua arquitetura.

Com o resgate, o espaço recebe adaptação ao ar moderno do século 21, incluindo sala de projeção, área de acervo em braile, um café box para atendimento aos frequentadores e itens específicos de acessibilidade, como elevador, piso tátil e banheiros para pessoas com deficiência.

“Fizemos pesquisas iconográficas do imóvel, trazendo assim a originalidade do local. Por se tratar de um restauro, temos que cuidar de vários aspectos da história, assim aproveitando as peças antigas e substituindo apenas o que não é possível de ser reaproveitado”, explicou o coordenador técnico do programa ‘Manaus Histórica’, Daniel Herszon.

O prédio datado do início do século 20 é um sobrado de características arquitetônicas ecléticas e foi fechado para reforma em agosto de 2011 e seu acervo abrigado, temporariamente, na Casa do Restauro, na Rua Costa Azevedo.

Anúncio