Campanha antirrábica imuniza mais de 80 mil cães e gatos em Manaus

A vacinação continua nas unidades fixas do CCZ, como também diariamente na vacinação casa a casa, a partir de um roteiro que permite a cobertura das principais ruas, simultaneamente nas quatro zonas da cidade

Manaus – Entre os dias 13 de outubro e 7 de novembro, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) Dr. Carlos Durand, da Prefeitura de Manaus, imunizou um total de 81.347 animais, entre cães e gatos, como parte da Campanha de Vacinação Antirrábica de 2020. O resultado parcial, que corresponde a pouco mais de 36% da meta, foi divulgado nesta terça-feira (10), pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A vacinação ocorre tanto nas unidades fixas do CCZ, como também diariamente na vacinação casa a casa, a partir de um roteiro que permite a cobertura das principais ruas, simultaneamente nas quatro zonas da cidade de Manaus.

Essa campanha continua a ser executada na capital e tem a meta de imunizar 225.335 animais, sendo 161.110 cães e 64.225 gatos, representando 80% da população canina e 100% da população felina estimadas para o município.

A vacinação ocorre tanto nas unidades fixas do CCZ, como também diariamente na vacinação casa a casa, a partir de um roteiro (Foto: Valdo Leão/Semcom)

Segundo o chefe do Núcleo de Controle da Raiva Humana e Animal do CCZ, Jhonata da Silva Calheiros, a imunização dos animais, como acontece em todos os anos na campanha, segue a estratégia de vacinação casa a casa, de segunda-feira a sábado, das 7h30 às 13h30. E nos quatro espaços fixos, de segunda a sábado, das 8h às 16h, sem necessidade de agendamento ou cadastro prévio, basta chegar com o animal, em boas condições de saúde, e procurar a sala de vacinação.

“As equipes de vacinadores atuam de forma simultânea nas Zonas norte, sul, leste e oeste, com cronograma semanal, para atender a população até que a meta seja atingida. Além dessa estratégia, o CCZ mantém quatro postos fixos com a oferta da vacina contra a raiva”, informou Calheiros.

 

Cronograma da semana

Durante esta semana, até a sexta-feira (13)  as equipes de vacinadores têm um cronograma para trabalhar em comunidades nos bairros Cidade Nova, Canaranas, Vila Real, conjunto Cidadão e no Riacho Doce (todos na zona norte); no Crespo, Japiim, Petrópolis, São Francisco e São Sebastião (zona sul); Grande Vitória, conjunto Castanheira, loteamento Castanheira, Novo Reino 2, Gilberto Mestrinho e Cidade do Leste (bairros da zona Leste); Redenção, conjunto Ajuricaba, Jardim Versalhes e Campos Elíseos (zona oeste).

Nesta quarta-feira (11), a moradora do conjunto Jardim de Versalhes, bairro Planalto, Geisiane Azevedo comemorou a passagem da equipe de vacinação pela sua rua, quando foram vacinados seus quatro cachorros e dois gatos. “Não tem nem desculpa para não vacinar o animal, com essa comodidade oferecida. Os bichinhos precisam ter a saúde sempre em dia, então precisamos ter essa atenção, e mantê-los vacinados, isso é muito importante”.

Já os postos fixos de atendimento estão localizados na sede do CCZ, na Avenida Brasil, bairro Compensa; nas duas unidades móveis do CCZ, que estão instaladas no Centro Social Urbano (CSU) do bairro Parque 10, na Avenida Perimetral, zona centro-sul, e na minivila olímpica do Coroado, na Avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, zona leste; e no Shopping Phelippe Daou, na Avenida Camapuã, no bairro Jorge Teixeira, também na zona leste.

A jornalista Carol Vasconcelos levou sua cachorrinha Mel até o CCZ, na Avenida Brasil, para ser castrada, e já comentou a importância da vacina antirrábica. “Esse é um serviço muito importante, e o fato de ser oferecido aqui no Centro de Controle de Zoonoses facilita bastante a vida dos donos de animais. A vacina da raiva deve ser administrada anualmente, muito importante tanto para saúde do dono quanto do animal, e de todos que convivem com o bichinho”.

Anúncio