Campanha orienta e incentiva a guarda responsável de animais em Manaus

E, para quem não pode ter um bichinho, a vice-presidente da ComPaixão ressalta que há outras formas de contribuir com a causa

Manaus – Com o objetivo de orientar e incentivar a guarda responsável de cães e gatos, a Prefeitura de Manaus acaba de lançar a Campanha da Guarda Responsável de Animais Domésticos. A iniciativa é de autoria da vereadora Joana D’arc Protetora dos Animais, por meio da Indicação de nº. 424/2017, que se justifica pela importância da conscientização da população no cuidado e zelo pela vida dos animais domésticos, a importância da castração e o combate aos maus-tratos aos animais. E conta a parceria da ONG ComPaixão Animal, que atua como consultora técnica desde o embrião do projeto.

A cartilha será distribuídas em eventos da prefeitura, escolas municipais e também disponível no site da Prefeitura de Manaus  (Foto: Divulgação)

“Desde meados de 2010, nós temos solicitado do poder público uma ação de sensibilização da população, porque é muito comum que as pessoas adote ou compre um animal por impulso, sem refletir sobre o compromisso que isso implica, e acabe se arrependendo e abandonando seus animais nas ruas”, destaca a vice-presidente da ONG ComPaixão Animal, Saskya Canizo.

Além de ser uma atitude cruel com o animal, Saskya aponta que o abandono gera muitos problemas, como transmissão de doenças, depredação do patrimônio, reprodução sem controle, entre outros. “Por isso, quando alguém decide ter um animal é importante estar ciente que não vai ter que oferecer apenas de água e ração, mas também o investimento financeiro que inclui cama, medicamentos, brinquedo, veterinário, vacinas, produtos de higiene, além do tempo para passear, brincar e dar muito carinho para aquele bichinho que também é um membro da família”, explica.

E, para quem não pode ter um bichinho, a vice-presidente da ComPaixão ressalta que há outras formas de contribuir com a causa. “Como, por exemplo, cedendo a casa como um lar provisório para um animal resgatado, sendo voluntário em ONGs de proteção animal, denunciando casos de maus tratos, conscientizando a nossa família e amigos, frequentar eventos solidários e compartilhar fotos de animais perdidos ou disponíveis para adoção”, disse a protetora de animais.

Guarda Responsável

A campanha já começou a ser veiculada, neste final de semana, através de meios de comunicação e redes sociais da prefeitura e parceiros, e promete abordar temas como necessidades básicas dos pets, abandono, maus tratos, leis de defesa animal e saúde pública.

“A cartilha da campanha irá tratar inclusive o uso da coleira e da guia, e isso é muito importante porque existe ainda uma cultura de abrir o portão de casa para os animais saírem sozinhos para dar uma voltinha na rua e isso é muito perigoso, porque ele pode morder alguém, se perder, brigar com outro animal, pegar alguma doença, rasgar o lixo da vizinhança, ser atropelado ou causar um acidente de trânsito”, frisou Saskya Canizo.

A cartilha será distribuídas em eventos da prefeitura, escolas municipais e também disponível no site da Prefeitura de Manaus (www.manaus.am.gov.br), e explica que são considerados maus-tratos aos animais, deixá-los sem alimentação e abrigo adequados, sem tratamento veterinário, como também agredi-los ou abandoná-los nas ruas. Esses atos são passíveis de punição, que pode variar de 3 meses a 1 ano de prisão e multa, aumentada de 1/6 a 1/3 caso ocorra morte do animal, conforme previsto no artigo 32 da Lei Federal de Crimes Ambientais, n°9.605/98.

Segundo a vereadora Joana D’arc Protetora dos Animais, a campanha representa uma grande vitória da causa animal e será feita de forma continuada e massificada por toda a cidade. “Sem dúvida esse é o ponta pé inicial de uma grande mudança de consciência da sociedade e que ajudará a reduzir a população de animais de ruas da capital amazonense”, destacou a parlamentar, que é a única representante da causa animal na Câmara Municipal de Manaus.

 

Anúncio